Armazenamento não volátil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O armazenamento não volátil consiste no tipo de armazenamento em que se pode persistir dados; isto é: uma vez gravados, os dados são conservados e portanto não há perda ao se retirar a fonte de energia.

Um exemplo de armazenamento não-volátil é o disco rígido, pois após gravar um dado, este não será apagado, alterado ou perdido quando se desliga o computador ou há uma queda de energia. Outros exemplos são: memória flash, SSD, memória FRAM, discos óticos e fitas magnéticas, além de meios não utilizados atualmente como cartões perfurados.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.