Artéria de Percheron

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Artéria de Percheron
Circulação arterial e as artérias do cérebro.
Descrição
Gerard Percheron, 1973
Anatomia

A artéria de Percheron é uma rara variante anatômica da vascularização do cérebro, na qual um único tronco arterial surge a partir da artéria cerebral posterior para irrigar duas estruturas cerebrais, os tálamos e o mesencéfalo.[1]

Os tálamos e do mesencéfalo possuem um complexo sistema de irrigação sanguínea, com um grande número de artérias e suas funções incluem a regulação da consciência, do sono e do despertar. Oclusões vasculares na artéria de Percheron, como um coágulo, por exemplo, podem resultar em um infarto de circulação posterior, prejudicando estruturas em ambos os lados do cérebro. Isso causaria um perturbador distúrbio do sono no qual o paciente não consegue acordar.[2]

História[editar | editar código-fonte]

A artéria de Percheron foi descrita pela primeira vez em 1973 pelo médico e pesquisador francês Gerard Percheron.[3][4]

Referências

  1. Denise M. Moreira, Amarino C. Oliveira Jr., Marcelo S. Nacif, Eliasz Engelhardt. «A artéria de Percheron e infartos talâmicos bilaterais» (PDF). Consultado em 6 de junho de 2012 
  2. Sanders, Lisa (3 de fevereiro de 2012). «Think Like a Doctor: Sleeping Wife Solved!». The New York Times. Consultado em 3 de abril de 2018 
  3. Percheron G (Agosto de 1973). «The anatomy of the arterial supply of the human thalamus and its use for the interpretation of the thalamic vascular pathology». Zeitschrift für Neurologie. 205 (1): 1–13. PMID 4126735. doi:10.1007/BF00315956 
  4. Agarwal N, Chaudhari A, Hansberry DR, Prestigiacomo CJ (Janeiro de 2014). «Redefining thalamic vascularization vicariously through gerald percheron: a historical vignette». World Neurosurgery. 81 (1): 198–201. PMID 23314026. doi:10.1016/j.wneu.2013.01.030 
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.