Aseroe rubra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaAseroe rubra
Aseroe rubra Bomaderry email.jpg

Classificação científica
Reino: Fungi
Divisão: Basidiomycota
Classe: Agaricomycetes
Ordem: Phallales
Família: Phallaceae
Género: Aseroe
Espécie: A. rubra
Nome binomial
Aseroe rubra
Labill., 1800

Aseroe rubra, também conhecida como anemone stinkhorn ou fungo anêmona do mar, é uma variedade de um fungo basidiomycete, reconhecida pelo seu odor e aparência de uma anêmona quando jovem. Encontradas em jardins com feno, serragem e áreas com folhagens, lembra uma estrela vermelha coberta com uma camada pórosa.[1][2]

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

Os primeiros fungos descritos como Aseroe rubra foram colectados em 1800 na Austrália, mais precisamente no sul da Tasmania e foi denominada pelo botânico francês Jacques Labillardière. O nome científico é derivado da Língua grega antiga, as palavras Asē/αση (nojo) e roē/ροη (suco),[3] e do latim ruber (vermelho).[4][5] É membro da família denominada Phallaceae.

Referências

  1. [1]
  2. GBIF
  3. Liddell, Henry George and Robert Scott (1980). A Greek-English Lexicon (Abridged Edition) (United Kingdom: Oxford University Press). ISBN 0-19-910207-4. 
  4. Simpson, D.P. (1979). Cassell's Latin Dictionary 5 ed. (London: Cassell Ltd.). p. 883. ISBN 0-304-52257-0. 
  5. Grey, p. 129

Ligações externas[editar | editar código-fonte]