Auditoria ambiental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A auditoria ambiental é um instrumento de gerenciamento, de natureza voluntária ou compulsória. A auditoria ambiental voluntária pode ser interna ou externa como parte dos requisitos para uma empresa se certificar na ISO 14001. A auditoria compulsória ocorre quando é legalmente exigida por um órgão regulatório ambiental, como é o caso, por exemplo, no Rio Grande do Sul [1] entre outros Estados da Federação.

A auditoria ambiental é um processo que compreende uma avaliação objetiva, sistemática, independente, documentada e periódica da performance de atividades e processos destinados à proteção ambiental, visando à otimizar as práticas de controle e verificar a adequação da Política Ambiental executada pela atividade auditada.

A Auditoria Ambiental conta como um fator de extrema importância para a produção de todo tipo de empresa que possui cargos com a Natureza e o Meio Ambiente, como previsto na Lei. Art 225 da CF/88. Todas as empresas que estão susceptíveis a uso de meio natural devem responder a sociedade com uma Auditoria de suas funções(discorrer sobre suas atividades e seu ambiente de trabalho perante as leis ambientais); para esta função,[1] cargos de peritos e especialistas profissionais em Meio Ambiente, Planejamento Urbano, Legislação, Contabilidade, Etc... deverão ser capazes de compreender o estado e o nível de conformidade que a Empresa e as suas Atividades estarão de acordo com a Legislação Ambiental.

  1. «Constituição Federal de 1988». Portal da Câmara dos Deputados. Consultado em 9 de março de 2020