BFR

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre um evento atual. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 26 de julho de 2019)
Starship
Interpretação artística de um lançamento do Starship
Interpretação artística de um lançamento do Starship
Função
Fabricante SpaceX
País de origem Estados Unidos
Custo por lançamento (2019)
  • US$7 million (external estimate for full reusability)[2]
  • US$335 million (estimate build cost for booster and ship)[3]
Tamanho
Altura 118m
Diâmetro 9m
Massa 4.400.000kg[4]Predefinição:Update inline
Capacidade
Carga para
LEO
100.000 kg
(fully reusable) [5]
Carga para
Marte
100.000 kg
(with orbital refueling) [5][6]
Carga para
Lua
100,000 kg
(with orbital refueling) [6]
Estado Em desenvolvimento.[7]
Locais de lançamento Voos interplanetários:
Transcontinental shuttle: Vários locais
Booster
Altura 58m[1]
Diâmetro 9m
Massa seca 3.065.000kg
Motores 31 × Raptor[8]
Empuxo 52.7MN nível do mar [1]
Impulso específico 330 s (3.2 km/s) cada motor, nível do mar
Combustível CH4 sub-resfriado / LOX
Segundo estágio – Espaçonave (BFS)
Altura 48m[1]
Diâmetro 9m
Massa seca 85.000kg
Massa 1.335.000kg
Propellant mass
Motores 7 × Raptor (4 × vácuo, 3 × nível do mar) [9][4]
Empuxo 12,7MN total
Impulso específico
  • 375 s (3.68 km/s) vácuo
    cada, quatro motores mais externos
  • 356 s (3.49 km/s) vácuo
    caca, três motores mais internos
  • 330 s (3.2 km/s) nível do mar [1]
    cada, motores mais internos
Combustível CH4 sub-resfriado / LOX

O Big Falcon Rocket (oficialmente encurtado para "BFR") é um sistema financiado pela iniciativa privada composto de um veículo de lançamento e espaçonave completamente reutilizáveis de próxima geração em desenvolvimento pela SpaceX. Ele foi anunciado por Elon Musk, em setembro de 2017. A arquitetura completa do veículo inclui ambos veículos de lançamento e espaçonave que se destinam a substituir completamente todos o hardware espacial da SpaceX no início da década de 2020, bem como a infra-estrutura terrestre para o rápido lançamento e relançamento, e tecnologia de transferencia de combustíveis em gravidade zero, para ser implantado em órbita baixa da Terra (LEO). A grande carga útil para a órbita da Terra é de até de 150.000kg o que faz BFR um super heavy-lift veículo de lançamento. Fabricação do primeiro protótipo de upper stage/espaçonave começou em Março de 2018, e a nave é projetada para começar a ser testada no início de 2019.

O sistema BFR é planejado para substituir os veículos de lançamento Falcon 9 e Falcon Heavy, assim como a capsula Dragon, mirando inicialmente no mercado de lançamento para órbita terrestre, mas explicitamente incluindo capacidades para suportar voos espaciais de longa duração em ambiente cislunar e de transporte a Marte.[1] A SpaceX espera que dessa forma trazer redução de custos considerável que irão ajudara a empresa a justificar os custos de desenvolvimento e construção do sistema BFR.[4]

SpaceX tinha imaginado inicialmente um design maior conhecido com o ITS(foguete) a porção interplanetária das suas ambições de voos espaciais. O design do veículo foi apresentado em setembro de 2016 como parte da visão de Musk para um sistema de transporte interplanetário (Interplanetary Transport System (ITS)).[4][10] O veículo ITS tinha sido projetado com diâmetro central de 12m,[11] enquanto o projeto do BFR foi reduzido para 9m, levando apenas metade da carga até LEO com apenas 42 porcento do empuxo de decolagem.[1] Além disso, enquanto o ITS era completamente destinado ao Mars transit e outros usos interplanetários, a SpaceX pivotou em 2017 para um plano que iria suportar todas capacidades de serviço de lançamento com um único conjunto de veículos de 9 metros: órbita terrestre, orbita lunar, viagem interplanetária e potencialmente até transporte intercontinental de passageiros na Terra.[4][12]

O desenvolvimento começou em 2012 nos motores de foguete Raptor que serão utilizados para ambos os estágios do veículo de lançamento BFR, e o veículo completamente reusável fará uso da tecnologia de reusabilidade que a SpaceX tem desenvolvido desde 2011.[13] Testes de motor começaram em 2016 já que projetos de motores tem tipicamente tem lead times mais longos que outras parte principais de um novo veículo de lançamento. Em 2018, uma nova instalação para fabricar veículos está em construção. A fabricação da primeira nave está ocorrendo desde Março de 2018[7] com o primeiro voo suborbital de teste planejado para 2019.[14] O objetivo declarado publicamente de iniciar lançamentos de BFR cargueiros para Marte para o início de 2022, seguido pelo primeiro voo tripulado para Marte um synodic period depois, em 2024.[7][15]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e f g Elon Musk (29 de setembro de 2017). Becoming a Multiplanet Species (video). 68th annual meeting of the International Astronautical Congress in Adelaide, Australia: SpaceX. Consultado em 14 de dezembro de 2017 – via YouTube 
  2. Spacex Starship to be lower cost than Falcon 1 at $7 million per launch. Brian Wang. 17 October 2017.
  3. Estimating the cost of BFR. Sam Dinkin. 9 October 2017.
  4. a b c d e Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome nsf20180809
  5. a b Musk, Elon (17 de setembro de 2018). First Private Passenger on Lunar BFR Mission. SpaceX. Consultado em 18 de setembro de 2018 – via Youtube 
  6. a b https://www.spacex.com/mars
  7. a b c Foust, Jeff (12 de março de 2018). «Musk reiterates plans for testing BFR». SpaceNews. Consultado em 15 de março de 2018. Construction of the first prototype spaceship is in progress. 'We’re actually building that ship right now,' he said. 'I think we’ll probably be able to do short flights, short sort of up-and-down flights, probably sometime in the first half of next year.' 
  8. SpaceX Aims to Begin BFR Spaceship Flight Tests as Soon as Next Year. Jay Bennett, Popular Mechanics. 7 February 2018.
  9. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome sn20171015a
  10. Eric Berger (18 de setembro de 2016). «Elon Musk scales up his ambitions, considering going "well beyond" Mars». Ars Technica. Consultado em 19 de setembro de 2016 
  11. Kenneth Chang (27 de setembro de 2016). «Elon Musk's Plan: Get Humans to Mars, and Beyond». New York Times. Consultado em 27 de setembro de 2016 
  12. Steve Dent (29 de setembro de 2017). «Elon Musk's Mars dream hinges on a giant new rocket». Engadget. Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  13. SpaceX Chief Details Reusable Rocket. Washington Post. Associated Press. 29 de setembro de 2011. Consultado em 9 de abril de 2016 
  14. Falcon Heavy maiden flight press conference
  15. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome sn20170929

Ligações externas[editar | editar código-fonte]