BIAL

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o jornalista brasileiro, veja Pedro Bial.
BIAL
Indústria farmacêutica
Fundação 1924
Sede Trofa

A BIAL é uma empresa farmacêutica portuguesa, fundada em 1924, sediada na Trofa.[1] É um grupo farmacêutico internacional de inovação com medicamentos em mais de 50 países e cerca de 1000 colaboradores. A empresa tem como objetivo contribuir para a melhoria da qualidade de vida de todas as pessoas em todo o mundo.[2]

A procura de novas soluções terapêuticas constitui a grande aposta da BIAL, que investe mais de 20% da sua faturação anual em I&D. As áreas de pesquisa da empresa centram-se nas neurociências, no sistema cardiovascular e na imunoterapia alérgica.

BIAL lançou o acetato de eslicarbazepina, um fármaco para a epilepsia, já comercializado nos EUA e em vários países europeus. Lançou ainda um novo tratamento para a Doença de Parkinson, opicapona, também comercializado na Europa.

BIAL é membro da European Federation of Pharmaceutical Industries and Associations (EFPIA).

BIAL tem-se distinguido também pelo apoio a inúmeras atividades de âmbito médico e científico, nomeadamente através da Fundação BIAL, que promove o Prémio BIAL e concurso de Apoios Financeiros a Projetos de Investigação Científica, reconhecidos internacionalmente.

Incidente[editar | editar código-fonte]

No início de 2016, um ensaio clínico do BIA 10-2474 comissionado pelo laboratório BIAL ocasionou a morte de um voluntário e a hospitalização de cinco.[3][4]

Referências

  1. «Em quatro gerações, a Bial cresceu e multiplicou-se». Diário de Notícias. 15 de Dezembro de 2011. Consultado em 9 de Março de 2016 
  2. «Farmacêutica brasileira Cristália iniciou negociações com portuguesa Bial». Pfarma. Consultado em 9 de Março de 2016 
  3. «Morte de voluntário pode ter consequências graves para empresa portuguesa Bial». Sputnik. 18 de Janeiro de 2016. Consultado em 9 de Março de 2016 
  4. «Presidente da Bial diz que farmacêutica ainda não sabe o que falhou». TSF. 17 de Janeiro de 2016. Consultado em 9 de Março de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre empresas, integrado no Projecto Grande Porto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.