Banana da Madeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBanana da Madeira
Plantação de bananeiras na Zona Hoteleira do Lido, Funchal
Plantação de bananeiras na Zona Hoteleira do Lido, Funchal
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Zingiberales
Família: Musaceae
Género: Musa
Espécies
Origem híbrida

A banana da Madeira é uma subespécie da banana originaria e cultivada extensamente na ilha da Madeira, tradicionalmente mais pequena que a banana sul-americana mas acentuada no paladar. É abonada em sacarose, glicose, frutose, fibras, potássio, magnésio e várias vitaminas dos agrupamentos A, B e em vitamina C.[1]

Estima-se que em 2014 a produção tenha rondado as 18 mil toneladas.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Introduzidas na ilha no século XVI, sendo que existe uma referência escrita às bananeiras da Madeira que data de 1552,[3] julga-se que terão vindo das ilhas Canárias ou de Cabo Verde, e tornaram-se parte integrante da paisagem[4].

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Banana da Madeira
Ícone de esboço Este artigo sobre Portugal é um esboço relacionado ao Projeto Portugal. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.