Bando

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Bando (desambiguação).
As queleas-de-bico-vermelho são a espécie de ave mais comum no mundo[1] e formam bandos que chegam às dezenas de milhar de indivíduos.

Em ornitologia, um bando é um grupo de aves que se reúne durante o voo ou durante a procura de comida. O termo é equivalente à manada entre os mamíferos. Os benefícios do agrupamento em bando são vários e os bandos são formados para propósitos específicos. Os principais benefícios são a segurança pelo número e uma maior eficácia na procura de comida. A defesa contra predadores é especialmente importante em habitats fechados, como nas florestas, onde a predação se dá na maior parte das vezes através de emboscadas, pelo que a vigilância de vários olhos é importante. Existem também bandos de várias espécies.[2] No entanto, a formação de bandos tem também alguns custos, particularmente para as aves socialmente subordinadas que são assediadas pelas aves dominantes, e pode comprometer a eficiência na alimentação em virtude de outros benefícios maiores.[3]

Referências

  1. Sekercioglu, Cagan Hakki (2006). «Foreword». In: Josep del Hoyo, Andrew Elliott and David Christie. Handbook of the Birds of the World. 11: Old World Flycatchers to Old World Warblers (Barcelona: Lynx Edicions). p. 48. ISBN 84-96553-06-X. 
  2. Terborgh J. (2005). "Mixed flocks and polyspecific associations: Costs and benefits of mixed groups to birds and monkeys". American Journal of Primatology 21 (2): 87–100..
  3. Hutto R. (1988). "Foraging Behavior Patterns Suggest a Possible Cost Associated with Participation in Mixed-Species Bird Flocks". Oikos 51 (1): 79–83.
Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.