Emboscada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Emboscada (desambiguação).
Um guerreiro apache numa emboscada durante as Guerras Apaches.

Emboscada, espera, tocaia ou cilada é o acto de esperar às escondidas pelo inimigo para atacá-lo de surpresa.[1] Normalmente, os guerrilheiros escondem-se em lugares por onde irá passar o inimigo para se prepararem e para o atacarem de surpresa. Quando o inimigo passa por ali, mesmo estando em desvantagem numérica, mas aproveitando a configuração do terreno, os guerrilheiros atacam e, graças a esta técnica de guerra, conseguem vencer algumas batalhas.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Emboscada" provém do italiano imboscata.[3] "Tocaia" provém do tupi antigo tokaîa, "choça".[4] "Cilada" procede do termo latino celada, "ocultada".[5]

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 632.
  2. Bunn, Henry T.; Alia N. Gurtov (14 de julho de 2016). "Prey Mortality Profiles Indicate That Early Pleistocene Homo at Olduvai Was an Ambush Predator". Quaternary International.
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 632.
  4. NAVARRO, E. A. Dicionário de tupi antigo. São Paulo. Global. 2013. p. 359.
  5. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 405.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.