Batalha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Batalha, veja Batalha (desambiguação).

Uma batalha, de modo geral, é um componente conceitual na hierarquia de combate durante uma guerra entre duas ou mais forças armadas ou combatentes. Numa batalha cada uma das partes tentará derrotar as outras, e a derrota é determinada pelas condições de uma campanha militar. Geralmente as batalhas são definidas por duração, área e forças envolvidas.[1]

Guerras e campanhas militares são guiadas por estratégias militares, enquanto batalhas ocorrem num nível de planeamento e execução conhecido como Mobilidade operacional.[2] O estrategista alemão Carl von Clausewitz afirmou que a utilização de batalhas (...) para alcançar o objetivo da guerra é a essência da estratégia.[3]

O registo arqueológico mais antigo de uma batalha terrestre é a Batalha de Megido, travada no século XV a.C. no coração da região do Levante.[4]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra "batalha", atestada pela primeira vez no português em 1258, na forma batalia, vem do latim medieval batt(u)alia, "combate", "luta" ou "peleja",[5] que por sua vez vem do latim battuere, "bater". O termo 'bateria', que tem origem semelhante (através do francês batterie), designava as batalhas encenadas no Coliseu, em Roma, e que podiam envolver até 10 mil pessoas.

O termo batalha também é usado para se referir a qualquer luta de proporções épicas.

Referências

  1. Dupuy, p.65
  2. Glantz, p.10
  3. Clausewitz, p.77.
  4. Dupuy, Richard Ernest, and Dupuy, Trevor Nesbit (1993). The Encyclopedia of Military History from 3500 B.C. to the Present. HarperCollins. ISBN 0-06-270056-1
  5. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, verbete "batalha".

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Glantz, David M. e Vuono, Carl E. (1991). Soviet military operational art: In pursuit of deep battle. [S.l.]: Taylor & Francis. ISBN 0714640778 
  • Keegan, John (1976). The Face of Battle. [S.l.]: Pimlico. ISBN 1844137481 
  • Dupuy, Trevor Nevitt (1992). Understanding war: History and Theory of combat. Londres: Leo Cooper. ISBN 0850522935 
  • von Clausewitz, Carl, Bemerkungen über die reine und angewandte Strategie des Herrn von Bülow oder Kritik der darin enthaltenen Ansichten, Verstreute kleine Schriften, Ed. Werner Hahlweg, (Osnabrück: Biblio Verlag, 1979), 77.
  • Tucker, T.G. (1976). Etymological dictionary of Latin. Chicago: Ares Publishers. ISBN 0890051720 
  • Richardson, F.M. e Hunt, Sir Peter (Forward) (1978). Fighting spirit: A study of psychological factors in war. Londres: Leo Cooper. ISBN 0850522366 
  • Great Britain Battles Nomenclature Committee (1919-1921) (1922). Official Names of the Battles and Other Engagements Fought by the Military Forces of the British Empire During the Great War, 1914-1919, and the Third Afghan War, 1919. [S.l.]: The Naval & Military Press. ISBN 1897632061 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um conflito armado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.