Batalha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Batalha, veja Batalha (desambiguação).

Uma batalha, de modo geral, é um componente conceitual na hierarquia de combate durante uma guerra entre duas ou mais forças armadas ou combatentes. Numa batalha cada uma das partes tentará derrotar as outras, e a derrota é determinada pelas condições de uma campanha militar. Geralmente as batalhas são definidas por duração, área e forças envolvidas.[1]

Guerras e campanhas militares são guiadas por estratégias militares, enquanto batalhas ocorrem num nível de planeamento e execução conhecido como Mobilidade operacional.[2] O estrategista alemão Carl von Clausewitz afirmou que a utilização de batalhas (...) para alcançar o objetivo da guerra é a essência da estratégia.[3]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra "batalha", atestada pela primeira vez no português em 1258, na forma batalia, vem do latim medieval batt(u)alia, "combate", "luta" ou "peleja",[4] que por sua vez vem do latim battuere, "bater". O termo 'bateria', que tem origem semelhante (através do francês batterie), designava as batalhas encenadas no Coliseu, em Roma, e que podiam envolver até 10.000 pessoas.

O termo batalha também é usado para se referir a qualquer luta de proporções épicas.

Referências

  1. Dupuy, p.65
  2. Glantz, p.10
  3. Clausewitz, p.77.
  4. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, verbete "batalha".

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Glantz, David M. e Vuono, Carl E. (1991). Soviet military operational art: In pursuit of deep battle Taylor & Francis [S.l.] ISBN 0714640778. 
  • Keegan, John (1976). The Face of Battle Pimlico [S.l.] ISBN 1844137481. 
  • Dupuy, Trevor Nevitt (1992). Understanding war: History and Theory of combat (Londres: Leo Cooper). ISBN 0850522935. 
  • von Clausewitz, Carl, Bemerkungen über die reine und angewandte Strategie des Herrn von Bülow oder Kritik der darin enthaltenen Ansichten, Verstreute kleine Schriften, Ed. Werner Hahlweg, (Osnabrück: Biblio Verlag, 1979), 77.
  • Tucker, T.G. (1976). Etymological dictionary of Latin (Chicago: Ares Publishers). ISBN 0890051720. 
  • Richardson, F.M. e Hunt, Sir Peter (Forward) (1978). Fighting spirit: A study of psychological factors in war (Londres: Leo Cooper). ISBN 0850522366. 
  • Great Britain Battles Nomenclature Committee (1919-1921) (1922, reimpressão 1993). Official Names of the Battles and Other Engagements Fought by the Military Forces of the British Empire During the Great War, 1914-1919, and the Third Afghan War, 1919 The Naval & Military Press [S.l.] ISBN 1897632061. 


Ícone de esboço Este artigo sobre conflitos armados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.