Barão da Fonte Bela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Barão da Fonte Bela foi um título criado por decreto de 3 de Março de 1836, confirmado por carta de 12 de Março de 1836, da rainha D. Maria II, a favor de Jacinto Inácio Rodrigues da Silveira, um rico comerciante e político liberal de Ponta Delgada, nos Açores.

Usaram o título
  1. Jacinto Inácio Rodrigues da Silveira;
  2. Amâncio Gago da Câmara;
  3. Jacinto da Silveira Gago da Câmara, 2.º conde da Fonte Bela;
  4. Jacinto Inácio da Silveira de Andrade Albuquerque Gago da Câmara.

Após a instauração da República e o fim do sistema nobiliárquico, tornou-se pretendente ao título Estevão Gago da Câmara.