Barragem Romana da Fonte Coberta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Barragem Romana da Fonte Coberta
Alçado lateral do conjunto
Construção Durante a ocupação romana da Península Ibérica
Aberto ao público Sim
Estilos arquitetónicos opus caementicium
Património Nacional
Classificação Logotipo Anta Vilarinho PT.png Imóvel de Interesse Público
(26-A/92, DR 126)
Data 1 de Junho de 1992
DGPC 69739
SIPA 2908
Estado de conservação mau
Geografia
País Portugal Portugal

A Barragem romana da Fonte Coberta é um monumento no Concelho de Lagos, em Portugal.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Caracterização física e classificação[editar | editar código-fonte]

Este monumento é constituído por um muro de planta rectilínea, de secção rectangular, composto por blocos de argamassa colocados em camadas,[1] de modo opus caementicium. O muro apresenta cerca de 70 metros de comprimento, e entre 2,6 e 2,7 metros de espessura.[2]

Encontra-se classificado pelo Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico como Imóvel de Interesse Público, segundo o Decreto-Lei 26-A/92, DR 126 de 1 de Junho de 1992.[2]

Localização e acesso[editar | editar código-fonte]

Os vestígios deste monumento podem ser localizados no Sítio da Fonte Coberta, na Freguesia de São Sebastião, nas imediações da cidade de Lagos.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Provavelmente construída durante a ocupação romana, esta barragem pode ter servido para a irrigação de campos de cultivo, ou como parte de um sistema de abastecimento de água para a antiga cidade de Laccobriga, que se situava no Monte Molião, junto à margem Este da Ribeira de Bensafrim.[3]

A sua identificação terá sido, inicialmente, feita por Estácio da Veiga, na segunda metade do Século XIX; o investigador verificou a existência de uma parte deste monumento, que detinha, nessa altura, aproximadamente trinta e seis metros de comprimento e três metros de altura.[3]

Referências

  1. «Museus e Ruinas: Ruinas Históricas no Concelho». Câmara Municipal de Lagos. Consultado em 2 de Agosto de 2010. 
  2. a b Giebels, Daniel. «Barragem Romana da Fonte Coberta». RADIX - Ministério da Cultura. Consultado em 2 de Agosto de 2010. 
  3. a b c «Barragem romana da Fonte Coberta». Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico. Consultado em 2 de Agosto de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre a Barragem Romana da Fonte Coberta
Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.