Batalha do Vesúvio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Batalha de Mons Lactarius)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com a Batalha do Vesúvio travada em 340 a.C. entre a República Romana e os latinos.
Batalha do Vesúvio
Guerra Gótica
Mons Lactarius.jpg
Batalha nas encostas do Vesúvio
Data Outubro de 553
Local Montes Lattari, Campânia, Itália
Desfecho Vitória bizantina decisiva
fim do Reino Ostrogodo
Beligerantes
Império Bizantino Reino Ostrogodo
Comandantes
Narses Teia
   

A Batalha do Vesúvio, também conhecida como Batalha do Monte Lactário (em latim: Mons Lactarius) ocorreu em 553, durante a Guerra Gótica travada pelo imperador Justiniano (r. 527–565) contra o Reino Ostrogótico na península Itálica.

História[editar | editar código-fonte]

Depois da Batalha de Tagina, na qual o rei Totila (r. 542–552) foi morto, o general bizantino Narses capturou Roma e sitiou Cumas. Teia, o novo rei, juntou o que sobrou do seu exército e marchou a fim de aliviar o cerco, mas em outubro de 553, Narses conseguiu emboscá-lo em Monte Lactário (atuais montes Lattari), na Campânia, próximo ao Vesúvio. A batalha durou dois dias, e Teia foi morto durante a luta.[1]

O poder ostrogótico na Itália foi eliminado, mas Narses permitiu que alguns poucos sobreviventes retornassem às suas casas como súditos do império. A ausência de qualquer autoridade real na Itália imediatamente após a batalha levou a uma invasão do território pelos francos, mas estes também foram derrotados e a península foi, por pouco tempo, reintegrada ao império.

Referências

  1. Gaeta 1986, p. 323

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Gaeta, Franco; Villani, Pasquale (1986). Corso di Storia. per le scuole medie superiori 1 ed. Principato [S.l.]