Bedford-Stuyvesant

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Casas em Bedford-Stuyvesant.

Bedford-Stuyvesant (também conhecido como Bed-Stuy) é o bairro central do Brooklyn (Condado de Kings) na Cidade de Nova Iorque.

O bairro é cortado ao norte pela Avenida Flushing, ao oeste pela Avenida Classon, ao sul pela Park Place e ao leste pela Avenida Ralph.

Com o passar dos anos, Bed-Stuy conseguiu o primeiro Centro Cultural Africano nas Américas pela ascendência de sua população. Foi formado a partir de 1930. Com a inauguração de uma linha de metrô em 36, negros do Harlem começaram a se mudar para o Brooklyn pela melhor condição de vida. No Bed-Stuy, os negros predominam e é a área mais habitada do Brooklyn. As maiores avenidas são a Avenida Nostrand e a Avenida Fulton.

O bairro é cenário da série Everybody Hates Chris (br: Todo Mundo Odeia o Chris), que mostra o bairro como terra de ninguém, e do filme Do the Right Thing (br: Faça a Coisa Certa), de 1989, do diretor Spike Lee.

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.