Beta amiloide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Beta amiloides () são peptídeos com 36-43 aminoácidos e o principal constituinte das placas de amiloide observadas no cérebro de pacientes com doença de Alzheimer. Os peptídeos são um produto da proteína precursora amiloide (PPA), a qual é cortada por determinadas enzimas para formar Aβ. As moléculas beta amiloides podem-se agregar para formar oligómeros solúveis com várias formas.[1]

Referências

  1. Nussbaum, J. M.; Seward, M. E.; Bloom, G. S. (2013). «Alzheimer disease: A tale of two prions». Prion. 7 (1): 14-9. PMC 3609044Acessível livremente. PMID 22965142. doi:10.4161/pri.22118 


Ícone de esboço Este artigo sobre Bioquímica é um esboço relacionado ao Projeto Química. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.