Betta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBetta
Betta albimarginata

Betta albimarginata
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Perciformes
Família: Osphronemidae
Género: Betta
Bleeker, 1850

Betta é um gênero de peixes pequenos e coloridos da família Osphronemidae. Estão descritas mais de 60 espécies de Betta. A espécie-tipo é Betta picta, o betta pintado, mas a espécie mais comum é o Betta splendens, o peixe-lutador, muito popular entre os aquaristas.

Características[editar | editar código-fonte]

Betta splendens macho

Todos os Betta são pequenos, mas podem variar consideravelmente no tamanho, de 2,5 cm do Betta chanoides até 12 cm do betta-de-akar (Betta akarensis).

Os peixes do género Betta pertencem a Família dos anabantídeos, o que significa que podem respirar o ar atmosférico através de um órgão chamado labirinto, o que lhes permite viver em água pobre em oxigénio dissolvido, como plantações de arroz, riachos de corrente lenta, valas de drenagem e poças de chuva, onde outros peixes não poderiam viver.[1]

Os bettas são divididos em dois grupos, de acordo com o seu comportamento sexual: alguns constroem ninhos de bolhas, como o B. splendens, enquanto outros incubam os ovos na boca, como o B. picta. Estes últimos são por vezes chamados "pseudo-bettas", e especula-se que tenham evoluído de espécies construtoras de ninhos, como adaptação a habitats de corrente rápida.[2]

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Os bettas em aquário devem ser alimentados com pequenas quantidades de comida, duas vezes por dia ou cada 1 dia .[3] A comida pode incluir flocos flutuantes, minhocas liofilizadas ou vivas, ou ainda artêmias secas.

A ração para bettas é constituída por pequenas pastilhas redondas formadas por proteínas, lípidos, fibraa, cinza, umidade, fósforo, certas vitaminas e outros ingredientes.

Nome[editar | editar código-fonte]

Betta splendens, o peixe-lutador-siamês

Há alguma confusão em relação aos nomes vulgares dos bettas. O "peixe-lutador-siamês", B. splendens, é frequentemente vendido nos Estados Unidos apenas pelo nome "betta", apesar de em 2006 haver cerca de 65 espécies classificadas no género Betta. Outro problema é que o nome Betta, indicando um género biológico, deve ser sempre escrito com maiúscula inicial e em itálico, enquanto que, se for utilizado como um nome comum, deve ser escrito com minúsculas.[4] O nome comum do Betta pugnax, por exemplo, é betta-de-penang.

Em inglês, o nome Betta (ou betta) pronuncia-se ˈbɛtə, ou seja, a primeira parte é igual à palavra bet (apostar, em inglês) e, por vezes, confunde-se como o nome da letra grega beta, que se pronuncia ˈbeɪtə; por vezes, é ainda escrito erradamente apenas com um t. No entanto, o nome do género não tem nenhuma relação com a letra grega, sendo derivado de ikan bettah, o nome de uma das espécies numa das línguas da Tailândia.[5]

Estado de conservação[editar | editar código-fonte]

Apesar de muitas espécies de Betta serem comuns (e a B. splendens ser encontrada em praticamente todo o mundo dos aquaristas) outras espécies encontram-se ameaçadas. A Lista Vermelha da IUCN classifica várias espécies de Betta como "vulneráveis" a B. livida encontra-se "em perigo" e as espécies B. miniopinna, B. persephone e B. spilotogena são consideradas "em perigo crítico".[6]

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente lista uma espécie não-confirmada, Betta cf. tomi, como tendo sido extinta em Singapura entre 1970 e 1994.[7] Provavelmente, isto refere-se à extinta população singaporesa de B. tomi, que continua a existir na Indonésia e na Malásia, assim como em cativeiro; a Lista Vermelha classifica-a como "vulnerável.[8][9]

Espécies[editar | editar código-fonte]

Uma fêmea de Betta splendens

As espécies descritas de Betta foram agrupadas em "complexos" para efeitos de conservação, mas não quer dizer que representem a realidade taxonómica. Os complexos de espécies de Betta são os seguintes: [10] [11]

Referências

  1. Marcus Song, Caring for Betta Fish (Lulu Press, 2006). ISBN 1-4116-9365-5
  2. Fernando, Yohan. «Betta edithae - a Pseudo Betta?». International Betta Congress Species Maintenance Program. Consultado em 30 de junho de 2006 
  3. http://www.petco.com/caresheets/fish/Betta_Male.pdf
  4. «Betta». American Heritage Dictionary 4th ed. ed. Consultado em 29 de junho de 2006 
  5. Fishbase
  6. «2006 Lista Vermelha da IUCN.». Consultado em 30 de junho de 2006 
  7. «Extinctions since 1970». United Nations Environment Programme World Conservation Monitoring Centre. 2006. Consultado em 1 de julho de 2006 
  8. Kottelat, M. (1996). «Betta tomi». 2006 Lista Vermelha da IUCN. Consultado em 1 de julho de 2006 
  9. «Betta tomi». International Betta Congress Species Maintenance Program. Consultado em 1 de julho de 2006 
  10. «Species Complex Management». International Betta Congress Species Maintenance Program. Consultado em 1 de julho de 2006 
  11. Betta (TSN 172610) (em inglês) . Integrated Taxonomic Information System (www.itis.gov). Página visitada em 30 de Junho de 2006..

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Betta

não sei como se faz a reprodução