Biblioteca química

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Uma biblioteca química é uma coleção de produtos químicos armazenados, geralmente utilizados em triagem de alto rendimento[1] ou fabricação industrial. A biblioteca química pode consistir em termos simples de uma série de produtos químicos armazenados[2][3]. Bibliotecas codificadas por DNA, por exemplo, surgiram como um recurso amplamente utilizado para a descoberta de pequenas moléculas bioativas e oferecem vantagens substanciais em comparação com bibliotecas convencionais de pequenas moléculas[4].

Referências

  1. Inglese J and Auld DS. (2009) Application of High Throughput Screening (HTS) Techniques: Applications in Chemical Biology in Wiley Encyclopedia of Chemical Biology (Wiley & Sons, Inc., Hoboken, NJ) Vol 2, pp 260–274 doi/10.1002/9780470048672.wecb223.
  2. Archer JR. History, evolution, and trends in compound management for high-throughput screening. Assay Drug Dev Technol. 2004 Dez; 2(6):675-81
  3. Casey R. Designing Chemical Compound Libraries for Drug Discovery. Business Intelligence Network Dezembro 1, 2005.
  4. Second-generation DNA-templated macrocycle libraries for the discovery of bioactive small molecules por Dmitry L. Usanov, et al., publicado em "Nature Chemistry" doi:10.1038/s41557-018-0033-8 (2018)
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.