Birtvisi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Birtvisi (Photo A. Muhranoff, 2011)-6.jpg

Birtvisi (em georgiano: ბირთვისი ) é ma fortaleza medieval em ruínas localizada em Kvemo Kartli, na Geórgia. Ele está localizado dentro dos limites do município de Tetri-Tsqaro, adjacente ao Parque Nacional Algeti, a sudoeste da capital do país, Tbilisi.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Birtvisi is essentially a natural rocky fortress of 1 km², secured by walls and towers, the most prominent of which – known as Sheupovari ("Obstinate") – tops the tallest rock in the area. Various accessory structures, an aqueduct included, have also survived.[2]

Em fontes escritas, Birtvisi é mencionado pela primeira vez como posse do emir árabe de Tbilisi, do qual foi despojado pelos nobres georgianos Liparit, o duque de Kldekari e Ivane Abazasdze em 1038.[3] Na Geórgia medieval, Birtvisi era conhecida como uma fortaleza inexpugnável. O emir turco-mongol Timur reduziu marcadamente a fortaleza durante uma de suas invasões em 1403.[4] Após a divisão do Reino da Geórgia no século XV, Birtvisi fazia parte do Reino de Kartli e estava sob o domínio dos príncipes Baratashvili.[2]

Referências

  1. Protected Areas: Algeti National Park Arquivado em 2011-07-21 no Wayback Machine.. Agency of Protected Areas of Georgia. Accessed June 18, 2011.
  2. a b Predefinição:Ka icon ზაქარაია პ. საქართველოს ციხე-ქალაქები, ციხესიმაგრეები, ციხე-დარბაზები, ციხე-გალავნები, კოშკები.-თბ.,2001.-გვ.86-88.
  3. Thomson, Robert W. (1996), Rewriting Caucasian History, p. 289. Oxford University Press,
  4. Allen, William Edward David (1932), A History of the Georgian People: From the Beginning Down to the Russian Conquest in the Nineteenth Century, p. 125. Taylor & Francis