Björn III da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Björn Eriksson
Rei da Suécia
Governo
Reinado Rei da Suécia
Dinastia Casa de Munsö
Vida
Nome completo Björn Eriksson
Morte c. 932
Pai Érico IV Anundsson

Björn Eriksson, foi um dos reis da Suécia no período conhecido como semi-lendário, tendo governado de 882 a 932[1] ). Era pai de Olavo II e Érico, o Vitorioso e avô de Styrbjörn Starke, de acordo com a Saga Hervarar[2] .

Segundo as duas sagas, ele era um dos filhos de Érico IV Anundsson e que ambos guerream contra Haroldo I da Noruega[3] [4] , conseguindo a vitória e estabeleces os irmãos Björn em Hauge e Anund em Upsala:

Segundo a Saga Hervarar, Björn Eriksson foi sucedido no trono pelos seus filhos Érico VI da Suécia e Olavo II Björnsson que o sucederam ao mesmo tempo em (biarquia) em Upsala após a morte do pai em 932.

Érico IV foi um rei rico e poderoso, tendo sido o primeiro a unificar a totalidade do país sob o seu domínio. Este factos aconteceram ao mesmo tempo em que Haroldo I da Noruega se fazia rei da Noruega.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Érico IV Anundsson (? - 882) e pai de:

  1. Olavo II Björnsson (? - c. 975) foi casado com Ingeborg Thrandsdotter. Reinou pelo curto período de 5 anos, cerca de 970 e 975.
  2. Érico VI da Suécia (c. 945 - 995) foi o 2.º marido de Sigride, a Orgulhosa (anteriormente casada com Sueno I da Dinamarca), filha de Miecislau I (962992). Foi um dos primeiros reis da Suécia, tendo reinado entre 970 e 995 e terá sido rei dos dinamarqueses entre 992 e 993. É considerado o 1.º rei que teve em seu poder a área que hoje inclui as regiões suecas de Svealand, Västergötland e Östergötland, ou seja, o território correspondente à Suécia durante a Idade Média.

Referências

Precedido por
Érico IV-
Rei da Suécia
883-933
Sucedido por
Ring
Ícone de esboço Este artigo sobre a história da Europa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.