Blackfish (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Blackfish
 Estados Unidos
84 min 
Produção Manny Oteyza
Gabriela Cowperthwaite
Roteiro Gabriela Cowperthwaite
Eli B. Despres
Género documentário
Música Jeff Beal
Distribuição Magnolia Pictures
Idioma inglês

Blackfish é um documentário norte-americano de 2013 realizado por Gabriela Cowperthwaite e estreou mundialmente no Sundance Film Festival no dia 19 de janeiro de 2013.

Blackfish foca-se na orca Tilikum e nos perigos de manter as espécies em cativeiro. [1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

O documentário centra-se no cativeiro da orca Tilikum, que foi responsável pela morte de três pessoas, e nas consequências de manter tais animais grandes e inteligentes em cativeiro. A cobertura de Tilikum começa com a sua captura, em 1983, nas águas na Islândia e mostra como ele foi perseguido por colegas animais em cativeiro e deixado em um tanque escuro por horas, o argumento de Cowperthwaite é que esses fatos contribuíram para a agressão da baleia. Cowperthwaite também se concentra nas alegações do SeaWorld que os Cetaceos (as orcas são na realidade, golfinhos) em cativeiro vivem mais tempo, e de que isso é falso. [1]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Cowperthwaite começou a trabalhar no filme após a morte da treinadora da Tilikum Dawn Brancheau. O SeaWorld afirmou que tratava-se de um erro de Brancheau que usava um [2] Cowperthwaite, por sua vez, argumentou que esta reivindicação foi a conjetura de que "tinha que haver mais nessa história."[2]

Recepção[editar | editar código-fonte]

A Recepção da crítica para o documentário foi quase sempre positivo,[3] o Deseret News chamou o de "um exemplo emocionante de cinema documental no seu melhor".[4] Twitch Film e The Hollywood Reporter elogiaram Blackfish, com ambos os sites de avaliação argumentando que o filme deu "um caso convincente contra a manutenção da espécie - e, por extensão, qualquer animal selvagem - em cativeiro para fins de entretenimento humano".[5][6] Film School Rejects deu ao documentário uma classificação de B-, escrevendo que "nunca oferece nada de novo, mas o que ele fez é extremamente importante" e o que "inclina os para ver [sic]".[7]

Referências

  1. a b title = 'Blackfish' tem SeaWorld em quente Vezes http://articles.latimes.com/2013/jan/25/entertainment/la-et-mn-sundance-blackfish-20130125 title = 'Blackfish' tem SeaWorld em quente Vezes Verifique valor |url= (ajuda). Consultado em 13 fevereiro de 2013  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. a b «Sundance Interview: 'Blackfish' Diretor Gabriela Cowperthwaite Discute Sofrimento das Orcas, Treinador Morte, e por quê SeaWorld não viu o filme». IndieWire. Consultado em 13 de Fevereiro de 2013 
  3. «Review: Blackfish». Variety. Consultado em 13 de fevereiro de 2013 
  4. «Sundance review: 'Blackfish' é um alarmante filme». Deseret News. Consultado em 13 de fevereiro de 2013 
  5. «Blackfish: Sundance Review». Hollywood Reporter. Consultado em 13 de Fevereiro de 2013 
  6. «Sundance 2013 Comentário: BLACKFISH é um olhar importante em animais em cativeiro». Twitch Film. Consultado em 13 de Fevereiro de 2013 
  7. «Sundance 2013 Comentário: 'Blackfish' Encontra beleza e Terror nas profundezas». Film School Rejects. Consultado em 13 de Fevereiro de 2013 

Links externos[editar | editar código-fonte]