Bloco Carnavalesco Lírico Rosas da Boa Vista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Rosas da Boa vista é um bloco lírico de carnaval, fundado em 21 de dezembro de 2003 pelos carnavalescos Gilson Silva e Graça Lima,suas cores são: O branco, simbolizando a paz dos bloco líricos, o amarelo, simbolizando o ouro da cultura pernambucana e o vermelho, simbolizando a paixão pelos blocos líricos e também simboliza a ideologia dos seus fundadores que são de esquerda.

Bloco Carnavalesco Lírico Rosas da Boa Vista
Fundação 21 de dezembro de 2003 (13 anos)
Cores Branco, simboliza a paz dos blocos líricos de Pernambuco, o amarelo, simboliza o ouro da nossa cultura carnavalesca e o vermelho, simboliza a paixão pelos blocos líricos pernambucanos.
Símbolo Flabelo
Bairro Boa Vista
Presidente Graça Lima (falecida em 28/07/2016)
Carnavalesco Gilson Silva
Intérprete oficial Coral do Rosas
Desfile de 2003
Foto da flabelista Elisa Arruda no Rosas com o tema: O Rosas no tempo da Jovem Guarda
Elisa Arruda, flabelista do Rosas
Elisa Arruda 2011

O Rosas da Boa Vista,[1] é um bloco lírico que sai oficialmente na quinta-feira da semana pré-carnavalesca do bairro de Boa Vista, um dos bairros da região central da cidade do Recife, capital do estado de Pernambuco, nordeste do Brasil. O bloco Rosas foi um dos primeiros blocos a colocar uma flabelista mirim nos seus desfiles, o bloco tem sempre como meta colocar crianças entre os adultos nos seus desfiles, fazendo assim que elas se apaixonem pelo o lirismo dos blocos logo cedo. Em 2005 o Rosas criou a Serenata das Rosas que no São João fez uma bela apresentação no Sítio da Trindade.[2]

A agremiação foi criada por Gilson Silva e Graça Lima em 2003 e o seu desfile oficial sempre é do Largo da Santa Cruz, no bairro do Bairro da Boa Vista.

O bloco sai às ruas sempre com um tema, o primeiro foi "O lirismo das máscaras", isto em 2003. Os últimos foram: "O Rosas no tempo da Jovem Guarda (2013) "Da salsa ao frevo, tudo é lirismo (2014)em homenagem a Cuba", já foram homenageados: Zé do Passo, Cartola, Cuba entre outros. Em 2005 o Rosas criou a Serenata das Rosas para levar mais lirismo à cidade.

Em 2015 o bloco não foi às ruas leva lirismo ao povo por conta da saúde debilitada da sua presidenta (Graça Lima), os diretores e familiares acharam por bem não colocar o bloco nas ruas em respeito a mesma. Até os últimos dias a presidenta torceu para vê-lo desfilar, avisou aos organizadores do Auroras dos Carnavais da não participação do mesmo, alguns dias antes da realização na esperança de poder participar dessa grande festa lírica que é esse vento, o primeiro encontro de blocos, o mais esperado e concorrido encontro, criado pelo grande poeta e compositor Romero Amorim.[3]

O bloco tem como hino: Sonhos futuristas de Gilson Silva e Hamilton Florentino.

Trajeto[editar | editar código-fonte]

O trajeto do Rosas começa no Largo da Santa Cruz Boa Vista, passando pela praça Maciel Pinheiro, Rua da Imperatriz, Ponte Boa Vista, Rua Nova, Av. Dantas Barreto, e termina no Pátio de São Pedro. Esse trajeto pode ser alterado conforme decisão dos seus diretores.

O Bloco Rosas da Boa Vista é composto pastorinhas e é conduzido por uma orquestra de pau e cordas tocando frevo de bloco, na frente vai a flabelista conduzindo o seu flabelo. O flabelo do Rosas foi criado e desenhado por Gilson Silva e que teve a ajuda do carnavalesco Hamilton Florentino na sua confecção.

Hino[editar | editar código-fonte]

O bloco tem como hino: Sonhos futuristas[4] de Gilson Silva e Hamilton Florentino, o mesmo foi gravado no CD do Maestro Nunes volume 2.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bloco Carnavalesco Lírico Rosas da Boa Vista

Referências

  1. Portal Confira Mais, http://www.programacaocarnavalrecife.com.br/desfile-do-bloco-rosas-da-boa-vista/
  2. Prefeitura da Cidade do Recife - 24.06.12 - 00h46,A serenata das Rosas participa dos festejos juninos do Recife http://www2.recife.pe.gov.br/sitio-da-trindade-oferece-opcoes-variadas-servicos-e-diversao/
  3. O Nordeste.com - ROMERO AMORIM 5/3/1937 (Recife), http://onordeste.com/onordeste/enciclopediaNordeste/index.php?titulo=Romero+Amorim&ltr=r&id_perso=2904
  4. Letras.mus.br - Letra da música Sonhos Futuristas, http://letras.mus.br/coral-rosas/sonhos-futuristas/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]