Bobo Dioulasso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bobo Dioulasso
—  Cidade  —
Uma rua em Bobo Dioulasso
Uma rua em Bobo Dioulasso
Bobo Dioulasso está localizado em: Burkina Faso
Bobo Dioulasso
Localização de Bobo Dioulasso em Burquina Faso
Coordenadas 11° 11' N 4° 17' O
País  Burkina Faso
Região Hauts-Bassins
Província Houet
Fundação século XV
Área
 - Total 136,78 km²
Altitude 445 m (1 460 pés)
População (2012)[1]
 - Total 537,728
    • Densidade 3,900/km2 
Fuso horário GMT (UTC+0)
Código de área +226 20
Sítio www.bobodioulasso.net
Mercado de Bobo Dioulasso

Bobo-Dioulasso, com 600 000 habitantes, é a segunda maior cidade do Burquina Faso (a maior é a capital, Uagadugu). A cidade, às margens do rio Oue, está situada na província de Houet, no sudoeste do Burquina Faso, a 350 quilómetros de Uagadugu. É cortada pela estrada de ferro Abidjan-Uagadugu, e se destaca no contexto do país tanto economicamente (comércio agrícola e indústria têxtil) quanto culturalmente.

A diúla ou jula, derivada da bamana e falada originalmente pelos diúlas, é a lingua franca desta cidade. Aliás, o nome Bobo-Dioulasso significa, literalmente, "Casa dos Bobos que falam Diúla", em referência aos dois grupos dominantes naquelas região do país; muito embora, a cidade seja bastante diversa, étnica e linguisticamente, devido à sua posição como ponto de confluência de antigas rotas de comércio trans-saarianas.

A cidade surgiu no século XV, com o nome de Sya. Foi ocupada pelos Franceses em 1897. Seus cartões postais mais famosos são a Velha Mesquita, construída em 1880, e a Casa Consa, um pesqueiro do século XV, lugar sagrado. A cidade também possui uma estação ferroviária, um aeroporto, um museu, um jardim zoológico e um mercado de cerâmicas.

Referências

  1. «Burkina Faso: largest cities and towns and statistics of their population». world-gazetteer.com (em inglês). Archive.is. 11 de janeiro de 2013. Consultado em 22 de março de 2014. 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bobo Dioulasso