Bolliger & Mabillard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Empresas.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde Fevereiro de 2008.

NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bolliger & Mabillard Consulting Engineers
Tipo Empresa privada
Fundação 1988
Sede Monthey,Suíça
Locais Suíça
Pessoas-chave Walter Bolliger e Claude Mabillard
Produtos Montanhas-russas
Página oficial www.bolliger-mabillard.com

Bolliger & Mabillard Consulting Engineers (mais conhecida como B&M) é uma consultoria em design de montanhas-russas de Monthey, Suíça. A companhia foi fundada em 1988 por Walter Bolliger e Claude Mabillard, com Bolliger atuando como presidente e Mabillard como vice-presidente.[1] Desde 1990, a B&M construiu mais de 70 montanhas-russas ao redor do mundo e foi pioneira em diversas tecnologias da área, incluindo a montanha-russa invertida[2] . A companhia começou com quatro funcionários e cresceu deste então, atualmente empregando mais de 30 pessoas, a maioria engenheiros e desenistas técnicos.

Características[editar | editar código-fonte]

A empresa é mundialmente conhecida pelo alto nível de qualidade de suas montanhas-russas, sendo elas extremamente suaves, e de manutenção relativamente barata.

O padrão dos trilhos usados pela B&M, são de rolamento externo, ou seja, as rodas guias dos trens ficam viradas para fora, possuem hastes finas, e uma base quadrada.

A base quadrada que os trilhos possuem, quando são ocas, formam algo que pode ser chamado de "caixa acústica", pois quando os trens correm sobre os mesmos, elas podem produzir ruídos, que são outra grande característica da B&M. Já se o parque optar por possuir uma montanha-russa mais silenciosa, a base do trilho pode ser preenchida com areia. Isso ajuda a diminuir o ruído

Modelos[editar | editar código-fonte]

A B&M possui oito modelos diferentes de montanhas russas, sendo eles:

  • Sitting Coasters: É um modelo clássico da B&M, onde os passageiros ficam sentados em fileiras de 4 pessoas, passando por inúmeras inversões. Esse modelo foi lançado em 1993, com a inauguração da montanha russa Kumba no parque Busch Gardens Tampa, em Tampa, na Flórida.
  • Floorless Coasters: Idem às Sitting Coasters, porém os trens são mais altos, e não possuem chão, fazendo com que os passageiros fiquem com as pernas livres. Como exemplo, pode ser citada a montanha russa Kraken do parque Sea World, em Orlando, Flórida, EUA.
  • Stand-Up Coasters: É um modelo famoso da B&M, em que os passageiros vão em pé nos trens, passando por inversões, e curvas próximas do chão. A montanha russa Iron Wolf do parque Six Flags Great America, é desse modelo, e foi a primeira a ser construída pela B&M (inaugurada em 1990). Ela também aparece no filme "Riquinho" de 1994 estrelado por Macaulay Culkin.
  • Hyper Coasters (ou Mega Coasters): São montanhas russas caracterizadas por serem altas (60 metros ou mais), extensas, muito rápidas, e não possuírem inversões. Os trens desses modelos, são sempre muito abertos, sendo basicamente os bancos com cintos de colo, em cima de uma plataforma, o que gera bastante adrenalina entre os passageiros. Como exemplo desse modelo, pode ser citada a montanha russa Nitro do parque Six Flags Great Adventure, em Jackson, Nova Jersey, EUA.
  • Inverted Coasters: Como as Floorless, são montanhas russas sem chão, porém os trens correm em baixo dos trilhos. É um modelo muito famoso, sendo que o primeiro exemplar foi a Batman The Ride, inaugurada em 1992, no parque Six Flags Great America.
  • Flying Coasters: É um modelo em que os trens também ficam em baixo dos trilhos, porém, os passageiros ficam deitados (com a barriga para baixo), dando uma sensação de voo. Como exemplo, pode ser citada a montanha russa Manta do parque Seaworld.
  • Diving Machine: É um modelo que a B&M lançou em 1998, porém só ganhou popularidade em 2005, depois da inauguração da montanha russa SheiKra, no parque Busch Gardens Africa. Esse modelo é conhecido por causa das grandes alturas, e pela primeira queda ser muito inclinada (na maioria das vezes com 90º). Outra característica interessante, é a de que os trens ficam parados no topo por cerca de 3 segundos, antes de serem lançados na primeira queda, gerando muita adrenalina entre os passageiros. Esse modelo é composto por trens, na maioria das vezes, floorless (sem chão) de 2 ou 3 vagões, porém com fileiras para até 10 pessoas. Outra montanha russa desse modelo que pode ser citada como exemplo é a Griffon do parque Busch Gardens Europe, em Williamsburg, Virginia, EUA.
  • Wing Coaster: Modelo lançado entre os anos de 2010 e 2011, onde se localizam dois assentos floorless (sem chão) de cada lado das rodas do trem, do lado externo dos trilhos. Possuem percursos relativamente curtos, que contam com curvas fechadas e algumas inversões. A primeira deste modelo a ser inaugurada foi a Raptor, no parque italiano Gardaland em 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Bolliger & Mabillard RCDB. Visitado em 2007-05-20.
  2. Bolliger & Mabillard - Inverted Coaster. Visitado em 2007-05-20.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bolliger & Mabillard