Carrapato-de-boi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Boophilus microplus)
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCarrapato-do-boi
carrapato e ovos
carrapato e ovos
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Subfilo: Chelicerata
Classe: Arachnida
Ordem: Acarina
Família: Ixodidae
Género: Rhipicephalus
Espécie: R. microplus
Nome binomial
Rhipicephalus microplus
( , )

O carrapato-de-boi ou carrapato-do-boi (Rhipicephalus microplus - antigamente denominado Boophilus microplus) é um carrapato da família dos ixodídeos, de ampla ocorrência na América do Sul, Central e África. O macho de tal espécie apresenta um par de placas de pontas agudas no ânus, e está associado à disseminação de diversas e importantes protozooses no gado bovino.

O Rhipicephalus microplus é o mais importante ectoparasita dos rebanhos bovinos e está presente em todas as áreas tropicais e subtropicais entre os paralelos 32° N e 32° S, abrangendo regiões que se dedicam à pecuária nas Américas, na África, Ásia e Austrália. As perdas econômicas causadas pelo B. microplus são estimadas em quase 2 bilhões de dólares no Brasil, quando contabilizadas a queda na produção de leite e carne, a mortalidade, a redução da natalidade, os gastos no seu controle e a transmissão dos protozoários Babesia bovis e B. bigemina, e da riquétsia Anaplasma marginale, que causam a Tristeza Parasitária Bovina.

Rhipicephalus microplus é um ectoparasita hematófago que possui uma alta capacidade de dispersão e adapta-se rápido à regiões tropicais, podendo parasitar outras espécies como equinos, cães, ovinos, caprinos, búfalos, cervídeos e até mesmo o homem.[1][2][3]

Apesar da existência de outras formas de controle, atualmente, a do carrapato é feita principalmente com o uso de carrapaticidas. Os métodos de controle biológico incluem a seleção de raças menos sensíveis ao carrapato, o cultivo de pastagens que dificultam a sobrevivência das fases de vida livre, a ação de predadores naturais, o manejo do rebanho e a rotação de pastagens.

Características morfológicas[editar | editar código-fonte]

  • Peritrema em forma de círculo
  • Macho com 4 placas adanais bem desenvolvidas e apendice caudal
  • Festões ausentes
  • Olhos presentes
  • sulco anal ausente
  • coxa I com dois espinhos curtos em ambos os sexos
  • escudo sem ornamentação

Referências

  1. Ali, Abid; Khan, Munsif Ali; Zahid, Hafsa; Yaseen, Pir Muhammad; Qayash Khan, Muhammad; Nawab, Javed; Ur Rehman, Zia; Ateeq, Muhammad; Khan, Sardar (2019). «Seasonal Dynamics, Record of Ticks Infesting Humans, Wild and Domestic Animals and Molecular Phylogeny of Rhipicephalus microplus in Khyber Pakhtunkhwa Pakistan». Frontiers in Physiology. ISSN 1664-042X. PMC PMC6646419Acessível livremente Verifique |pmc= (ajuda). PMID 31379587. doi:10.3389/fphys.2019.00793. Consultado em 29 de janeiro de 2022 
  2. Nelson, Suzanne L.; Durden, Lance A.; Reuter, Jon D. (1 de setembro de 2017). «Rhipicephalus microplus and Dermacentor nitens (Acari: Ixodidae) Coparasitize White-Tailed Deer on St. John, U.S. Virgin Islands». Journal of Medical Entomology (5): 1440–1443. ISSN 1938-2928. PMID 28591859. doi:10.1093/jme/tjx112. Consultado em 29 de janeiro de 2022 
  3. Batista, Helder Ribeiro; Sarturi, Cristiane; Stelmachtchuk, Felipe Nascimento; Oliveira, Daniel Rocha; Morini, Adriana Caroprezo; Gennari, Solange Maria; Marcili, Arlei; Bastos, Fernanda Aparecida Nieri; Barata, Lauro Euclides Soares (dezembro de 2018). «Prevalence and risk factors associated with ectoparasite infestation of buffaloes in an Amazonian ecosystem». Parasites & Vectors (em inglês) (1). 335 páginas. ISSN 1756-3305. PMC PMC5987401Acessível livremente Verifique |pmc= (ajuda). PMID 29866180. doi:10.1186/s13071-018-2917-2. Consultado em 29 de janeiro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre aracnídeos, integrado no Projeto Artrópodes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.