Boris Gryzlov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Boris Gryzlov
Бори́с Грызло́в
Boris Gryzlov
Бори́с Грызло́в
Presidente da Duma Federal
Período 28 de outubro de 2003
a 21 de dezembro de 2011
Antecessor(a) Guennadi Selezniov
Sucessor(a) Serguei Naryshkin
Dados pessoais
Nascimento 15 de dezembro de 1950 (71 anos)
Vladivostok, RSFS da Rússia
Partido Rússia Unida

Boris Viacheslavovich Gryzlov (em russo: Бори́с Вячесла́вович Грызло́в , bɐˈrʲis vjəʨɪsˈlavəvʲɪʨ grɨˈzlov/) (Vladivostok, 15 de dezembro de 1950), é um político russo e presidente da Duma Estatal de 2003 a 2011, sucedendo a Guennadi Selezniov. Boris Gryzlov é aliado próximo do presidente russo Vladimir Putin. Foi presidente do Rússia Unida, o partido do presidente Vladimir Putin, de 23 de novembro de 2004 a 7 de maio de 2008.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gryzlov nasceu em Vladivostok e cresceu na cidade onde Vladimir Putin nasceu, Leninegrado (atual São Petersburgo). Fez a sua graduação no Instituto de Comunicações Elétricas de Leninegrado em 1973 e trabalho como engenheiro em rádio. Em dezembro de 1999, Boris Gryzlov tornou-se figura pública ao ser eleito para a Duma Russa como membro do partido de Serguei Choigu, Unidade. Em janeiro de 2000 chegou a ser líder suplente da fração da "Unidade" na Duma. Gryzlov tornou-se ministro do Interior do governo de Mikhail Kassianov em março de 2001. Como ministro prometeu lutar prioritariamente contra a corrupção e o terrorismo. Foi encarregado de restaurar a ordem na Chechénia.

Em 14 de dezembro de 2011, anunciou que renunciada a um terceiro mandato de presidente da Duma após as eleições legislativas.[1] Serguei Naryshkin sucedeu-lhe no cargo.

Encontra-se desde 26 de julho de 2014 com uma interdição de visto de acesso à União Europeia no quadro das sanções à Rússia por causa da Crise Ucraniana.[2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Boris Gryzlov
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Boris Gryzlov

Referências