Brandenburger Tor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Queda do muro de Berlim.
A Porta de Brandemburgo, sem o Muro.

"Brandenburger Tor" ("A Porta de Brandenburgo") foi a canção que representou a Noruega no Festival Eurovisão da Canção 1990, interpretada em norueguês por Ketil Stokkan. Foi a nona canção a ser interpretada na noite do evento, a seguir à canção islandesa "Eitt lag enn", interpretada pelo duo Stjórnin e antes da canção israelita "Shara Barkhovot", interpretada por Rita. No final, a canção norueguesa terminou em 21.º lugar (últmo) em ex-aequo com a canção finlandesa "Fri?, obtendo um total de oito pontos. A canção não beneficiou com o fa(c)to de falar sobre a Queda do Muro de Berlim, que tinha acontecido uns meses antes.


Autores[editar | editar código-fonte]

Letra[editar | editar código-fonte]

A canção é inspirada na queda do Muro de Berlim, com Stokkan acerca da alegria que muitos europeus sentiram com o derrube daquele muro, e também com consequente reunificação de Berlim, (cidade de 1949 a 1989 dividida em duas: Berlim Ocidental e Berlim Oriental e com aquele muro desde 1961). O Portão de Brandemburgo não significava mais a divisão entre a Alemanha Ocidental e Alemanha Oriental e da própria Europa que conduziria à reunificação alemã A canção tinha uma batida de uptempo.

Fontes e ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música


Noruega "Brandenburger Tor", canção da Noruega no Festival Eurovisão da Canção 1990.