Break Me, Shake Me

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Break Me Shake Me"
Single de Savage Garden
do álbum Savage Garden
Lançamento Austrália 16 de junho de 1997
Formato(s) CD Single
Gênero(s) Rock
Gravadora(s) Sony Music
Composição D Hayes, D Jones
Cronologia de singles de Savage Garden
Último
"Truly Madly Deeply"
(1997)
"Universe"
(1998)
Próximo

"Break Me Skake Me" foi o quarto single extraído do álbum de estreia da banda australiana Savage Garden.

O single foi lançado em Junho de 1997 na Austrália, como sucessor da romântica "Truly Madly Deeply" e chegou ao Top 10 do ARIA Singles Chart.

Música[editar | editar código-fonte]

A faixa mostra um lado mais rock da banda, com uma introdução de baixo e um solo de guitarra na metade da música.

O refrão, levado pelas batidas fortes da bateria, repete de modo imperativo os gritos "Break me, shake me, hate me, take me over", com uma letra amarga e raivosa, composta por Darren Hayes.

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

A música possui dois videoclipes diferentes. O primeiro foi lançado na Austrália em 1997. O clipe lançado internacionalmente foi gravado em 1998 e dirigido por Adolf Doring. Neste, a dupla aparece no interior de um carro preto, saindo dele e indo tocar no meio do deserto.

O video mescla à performance da banda, imagens de mulheres sozinhas, ouvindo a música, e cenas da turnê The Future of Earthly Delites da banda.

CD single[editar | editar código-fonte]

Versão australiana

  1. "Break Me, Shake Me"
  2. "I'll Bet He Was Cool"
  3. "Break Me, Shake Me" [acoustic version]


Versão japonesa

  1. "Break Me Shake Me"
  2. "Tears of Pearls" [Tears on the Dancefloor Mix]
  3. "Carry on Dancing" [Ultra Violet Mix]
  4. "To the Moon and Back" (Acoustic)
  5. "Break Me Shake Me" [Broken Mix]

Paradas[editar | editar código-fonte]

Chart Posição
Australia Singles Chart 7
Nova Zelândia[1] 8
Suécia Singles Chart 39

Referências

  1. Australian Charts (em inglês) - Acesso em 16/10/11

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]