Buyeo Pung

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Buyeo Pung
Nascimento 623
Morte 668 (45 anos)
Cidadania Baekje
Progenitores Pai:Uija de Baekje

Buyeo Pung (부여풍, 623 – 668), foi um príncipe de Baekje um dos Três Reinos da Coreia. Ele era filho do último rei, Uija de Baekje. Quando Baekje foi derrotado pela a aliança Silla-Tang em 660, ele costurou a aliança de Baekje com o Japão dos Yamato. Pouco depois foi oficialmente proclamado rei.

Voltou para Baekje com um exército japonês e o general Yamato Abe Hirafu para reviver seu país. O general Boksin das forças de resistência Baekje deu a ele o título de Rei Pungjang (풍장 왕, 豊 璋 王). Ele juntou forças com a resistência Baekje liderada pelo general Boksin. Em 663, no entanto, a resistência Baekje e o Japão perderam a Batalha de Baekgang para o exército conjunto Tang-Silla, e Baekje entrou em colapso. [1] O príncipe fugiu para o vizinho Koguryo. Quando Koguryo também foi vencido pelas forças Tang-Silla, Buyeo Pung foi capturado pelo exército Tang e enviado para o sul da China no exílio. Sua vida posterior é desconhecida.

Um de seus irmãos, Zenkō (善光 ou 禅広), estabeleceu-se no Japão e recebeu o nome de família Kudara no Konikishi (百濟王; rei de Baekje) pelo imperador do Japão.




Precedido por
Uija
32º Rei de Baekje
660 - 663
Sucedido por
anexado pela coligação Tang-Silla




Referências

  1. Kang, Jae-eun (2006). The Land of Scholars: Two Thousand Years of Korean Confucianism (em inglês). [S.l.]: Homa & Sekey Books, p. 55. ISBN 9781931907378 


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.