Caçando carneiros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hitsuji o meguru bōken
Em Busca do Carneiro Selvagem (PT)
Caçando carneiros (BR)
Autor (es) Haruki Murakami
Idioma língua japonesa
País  Japão
Género Ficção
Editora Kodansha International
Lançamento 15 de outubro de 1982
Edição portuguesa
Tradução Maria João Lourenço
Editora Casa das Letras
Lançamento 2007
Páginas 369
ISBN 978-972-46-1715-2

Caçando Carneiros (título no Brasil) ou Em Busca do Carneiro Selvagem (título em Portugal) (Hitsuji o meguru bōken, no original) é um livro do escritor japonês Haruki Murakami.

A história fala do Japão gélido e impassível do mundo dos negócios: expõe as relações humanas "normais" sendo substituídas por uma atração fetichista por objetos e marcas.

A literatura de Murakami é preparada com um pouco do niilismo pós-industrial japonês, que devassa a vida das gerações mais jovens num país em acelerada mutação. Sai de cena o Japão tradicional, entra o mundo da publicidade e suas as relações mercantilistas.

Lançado no Brasil pela editora Estação Liberdade, vemos aqui um Japão gélido e impassível do mundo dos negócios, das aparências que enganam, da funcio-na-lidade levada às últimas conseqüências, sem esquecer uma penca de personagens solitários em busca de algum carinho.

O fato, aliás, de nenhum dos personagens principais ter nome constitui uma das facetas de uma apurada técnica narrativa em que o autor inova sem fazer alarde. E não é o menor dos méritos que seus recursos sejam de uma eficiência tão grande quanto alguns surpreendentes produtos de sua imaginação: estende aos limites do impessoal um mundo dominado pela mídia, no qual as relações humanas "normais" são substituídas por uma atração fetichista por objetos e marcas.

O relacionamento homem-mulher não passa de um simulacro, um aparato meramente funcional e cabal. Ao mesmo tempo, Murakami deixa sutilmente pairar no ar a questão de manipulações genéticas com fins militares.

Sai de cena o Japão tradicional, entra o mundo da publicidade com seu corolário de mercantilismo exacerbado, que é o mesmo da megalópole freqüentemente sombria em gestação nas mentes e nos corações de personagens urbanos.

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.