Caminho do Meio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portal A Wikipédia possui o
Portal do budismo

O Caminho do Meio (em páli: majjhimā paipadā; em sânscrito: madhyamā-pratipad[1] «majjhimā patipadā» ; em tibetano: དབུ་མའི་ལམ། Umaylam; em chinês: 中道 zhōngdào; em japonês: 中道 chūdō) é o termo que Siddhartha Gautama usou para descrever o caráter do Nobre Caminho Óctuplo descoberto por ele e que leva à libertação. É um importante princípio orientador da prática budista.

No Maaiana Budismo, a maior das duas principais tradições do budismo existentes hoje em dia, o Caminho do Meio refere-se ao conhecimento sobre o vazio (Sunyata) que transcende declarações opostas sobre a existência.[2]

O Caminho do Meio tem outras várias definições:

  • A prática de não-extremismo: um caminho de moderação e distância entre a auto-indulgência e o ascetismo, ou seja, se mantiver equidistante entre o rigor excessivo e a excessiva permissividade.[3]
  • O meio-termo entre determinadas visões metafísicas;
  • Uma explicação do nirvana (perfeita iluminação);
  • Um estado no qual fica claro que todas as dualidades aparentes no mundo são ilusórias.

Teravada[editar | editar código-fonte]

No Cânon Páli do budismo Teravada, a expressão Caminho do Meio é usada pelo Buda em seu primeiro discurso (o Dhammacakkappavattana Sutta) para descrever o Nobre Caminho Óctuplo, como o caminho para alcançar o nirvana, em vez de tomar extremos de austeridades e indulgência sensual.

Mais tarde, a literatura páli também usou a expressão para se referir ao ensino do Buda conhecido como originação dependente, como uma visão entre os extremos de eternalismo e o niilismo.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Dhamma, Rewata (1997). The First Discourse of the Buddha: Turning the wheel of Dhamma. Somerville, MA: Wisdom Publications. ISBN 0-86171-104-1.
  • Rupert Gethin, (1998). The Foundations of Buddhism. Oxford: Oxford University Press. ISBN 0-19-289223-1.
  • Peter Harvey, (2007). An Introduction to Buddhism: Teachings, History and Practices. Cambridge: Cambridge University Press. ISBN 0-521-31333-3.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikisource
A Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Caminho do Meio

Referências

  1. Kohn (1991), p. 143.
  2. David Kalupahana, Mulamadhyamakakarika of Nagarjuna. Motilal Banarsidass, 2006, page 1.
  3. Darmapada: a doutrina budista em versos. Tradução de Fernando Cacciatore de Garcia. Porto Alegre, RS. L&PM Editores. 2010. p. 27,28.
Ícone de esboço Este artigo sobre budismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.