Campo Militar de Santa Margarida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Monumento no Acesso ao Campo de Santa Margarida

O Campo Militar de Santa Margarida (CMSM) MHC é uma base e área de instrução do Exército Português. O CMSM localiza-se na localidade de Santa Margarida da Coutada, no Município de Constância, sendo uma das maiores instalações militares da Europa, a maior instalação militar portuguesa em termos de guarnição e a segunda maior em termos de área ocupada, com uma área total superior ao Estado de San Marino sendo apenas suplantado pelo Campo de Tiro de Alcochete.

Dados estatísticos do CMSM[editar | editar código-fonte]

  • 6400 ha de Área Total ocupada
  • 3500 ha de Área da Zona de Aquartelamentos
  • 1 Avenida Principal com 2,4 Km
  • 330 Edifícios
  • 5000 militares de Guarnição
  • 1 Pista de Aviação
  • 2 Heliporto
  • 1 Estação Ferroviária
  • 4 Carreiras de Tiro de Armas Ligeiras
  • 1 Carreira de Tiro de Carros de Combate
  • 1 Carreira de Lançamento de Granadas
  • 1 Pista de Combate

Unidades Instaladas[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

O CMSM nasce com as necessidades criadas a Portugal pelo facto de ter sido membro fundador na NATO em 1949. No âmbito do compromisso de contribuição militar para a NATO o Exército Português começa a organizar a 1ª Divisão do Corpo Expedicionário Português (Divisão D. Nuno Álvares Pereira). Nessa altura sente-se a necessidade de criação de um grande campo de instrução onde pudessem ser treinadas grandes unidades de armas combinadas. Em 1951 é então decidida a construção do então denominado Campo de Instrução Divisionário em Santa Margarida da Coutada ao sul do rio Tejo.

O campo militar foi construído pela engenharia militar durante o ano de 1952, sendo activado em 1953, já com a denominação de Campo de Instrução Militar (CIM). O quartel-general da Divisão Nun'Álvares Pereira instala-se no campo em 1957.

Até princípio da década de 1960 o campo é utilizado da forma para o qual foi concebido sendo aí realizadas manobras e acções de instrução de grandes unidades em situações de guerra convencional e nuclear. No entanto, com o início da Guerra do Ultramar o CIM passa a ser utilizado sobretudo para a instrução em operações de contra-guerrilha.

Com o fim da Guerra do Ultramar e a alteração das necessidades militares portuguesas e da NATO é decidida a extinção da Divisão Nun'Álvares e a sua substitução pela nova 1ª Brigada Mista Independente (1ªBMI), criada em 1976. Nesse âmbito é decidida também a alteração do tipo de utilização do, agora denominado Campo Militar de Santa Margarida. Até aí a maioria das unidades operacionais estavam aquarteladas fora do campo e só aí se deslocavam para a realização de treinos e manobras. A partir daí começa a progressiva instalação em aquartelamentos no interior do CMSM das unidades operacionais da 1ªBMI.

A 4 de Abril de 2002 foi feito Membro-Honorário da Ordem Militar de Cristo.[1]

Figuras Principais[editar | editar código-fonte]