Carlos Augusto, Príncipe de Waldeck e Pyrmont

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Augusto
Príncipe de Waldeck e Pyrmont
Príncipe de Waldeck e Pyrmont
Reinado 1 de janeiro de 1728
a 29 de agosto de 1763
Antecessor(a) Frederico António Ulrico, Príncipe de Waldeck e Pyrmont
Sucessor(a) Frederico Carlos Augusto, Príncipe de Waldeck e Pyrmont
 
Esposa Cristiana Henriqueta do Palatinado-Zweibrücken
Descendência Carlos de Waldeck e Pyrmont

Frederico Carlos Augusto, Príncipe de Waldeck e Pyrmont
Cristiano Augusto, Príncipe de Waldeck e Pyrmont
Jorge I, Príncipe de Waldeck e Pyrmont
Carolina de Waldeck e Pyrmont
Luísa de Waldeck e Pyrmont
Luís de Waldeck e Pyrmont

Casa Waldeck e Pyrmont (por casamento)
Nascimento 24 de setembro de 1704
  Hanau, Waldeck
Morte 29 de agosto de 1763 (58 anos)
  Bad Arolsen, Waldeck
Pai Frederico António Ulrico, Príncipe de Waldeck e Pyrmont
Mãe Luísa do Palatinado-Zweibrücken-Birkenfeld

Carlos Augusto, Príncipe de Waldeck e Pyrmont (Hanau, 24 de setembro de 1704Bad Arolsen, 29 de agosto de 1763) foi um príncipe alemão, senhor de Waldeck e Pyrmont e comandante das forças holandesas na Guerra de Sucessão Austríaca.[1]

Vida real e carreira militar[editar | editar código-fonte]

Carlos era o segundo filho de Frederico António, Ulrico, Príncipe de Waldeck e Pyrmont e da condessa Luísa do Palatinado-Zweibrücken-Birkenfeld. Em 1728, o seu pai e o seu irmão mais velho, o príncipe Cristiano Filipe, morreram e Carlos Augusto tornou-se príncipe de Waldeck e Pyrmont.

A família real de Waldeck tinha uma longa tradição de serviço militar no exército holandês. O príncipe Jorge Frederico de Waldeck já tinha liderado o exército holandês na Guerra dos Nove Anos. Na Guerra de Sucessão Austríaca, Carlos foi nomeado comandante do exército holandês pelos Estados Gerais dos Países Baixos, para contrabalançar a liderança de Guilherme IV, Príncipe de Orange, que dependia completamente do seu cunhado, Guilherme, Duque de Cumberland. Sob a liderança de Carlos, o exército acabaria por sair derrotado nas batalhas de Fontenoy, Rocoux e Lauffeld.

Em 1746, Carlos tornou-se merechal-de-campo do Sacro Império Romano-Germânico.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Carlos casou-se em Zweibrücken, a 19 de Agosto de 1741, com a sua prima direita, Cristiana Henriqueta do Palatinado-Zweibrücken, filha de Cristiano III, Conde Palatino de Zweibrücken. Juntos, tiveram os seguintes filhosː

  1. Carlos de Waldeck e Pyrmont(18 de julho de 1742 – 24 de novembro de 1756), morreu aos 14 anos de idade.
  2. Frederico Carlos Augusto, Príncipe de Waldeck e Pyrmont (25 de outubro de 1743 –24 de setembro de 1812), nunca se casou nem deixou descendentes. 
  3. Cristiano Augusto, Príncipe de Waldeck e Pyrmont (6 de dezembro de 1744 – 24 de setembro de 1798), marechal-de-campo no exército português; morreu solteiro e sem descendência. 
  4. Jorge I, Príncipe de Waldeck e Pyrmont (6 de maio de 1747 – 9 de setembro de 1813), casado com a princesa Augusta de Schwarzburg-Sondershausen; com descendência.
  5. Carolina de Waldeck e Pyrmont (14 de agosto de 1748 - 18 de agosto de 1782), casada com Peter von Biron, duque da Curlândia; sem descendência.
  6. Luísa de Waldeck e Pyrmont (29 de janeiro de 1750 - 17 de novembro de 1816), casada com Frederico Augusto, Duque de Nassau; com descendência.
  7. Luís de Waldeck e Pyrmont (16 de janeiro de 1752 - 14 de junho de 1793), general holandês que morreu em batalha.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Carlos Augusto, Príncipe de Waldeck e Pyrmont em três gerações
Carlos Augusto, Príncipe de Waldeck e Pyrmont Pai:
Frederico António Ulrico, Príncipe de Waldeck e Pyrmont
Avô paterno:
Cristiano Luís, Conde de Waldeck
Bisavô paterno:
Filipe VII, Conde de Waldeck
Bisavó paterna:
Ana Catarina de Sayn-Wittgenstein
Avó paterna:
Ana Isabel de Rappoltstein
Bisavô paterno:
Jorge Frederico, Conde de Rappoltstein
Bisavó paterna:
Isabel Carlota de Solms-Sonnenwalde
Mãe:
Luísa do Palatinado-Zweibrücken-Birkenfeld
Avô materno:
Cristiano II, Conde Palatino de Zweibrücken-Birkenfeld
Bisavô materno:
Cristiano I, Conde Palatino de Zweibrücken
Bisavó materna:
Madalena Catarina do Palatinado-Zweibrücken
Avó materna:
Catarina Ágata de Rappoltstein
Bisavô materno:
João Jacob, Conde de Rappoltstein
Bisavó materna:
Ana Cláudia de Salm-Kyrburg

Referências

  1. L. Curtze: Geschichte und Beschreibung des Fürstentums Waldeck. Arolsen, 1850
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.