Carneiro no buraco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Carneiro no Buraco)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

O Carneiro no Buraco é um prato típico e um símbolo de Campo Mourão, cidade do interior do estado brasileiro do Paraná. A iguaria é festejada anualmente na "Festa Nacional do Carneiro no Buraco".

Origem[editar | editar código-fonte]

O prato típico teve origem quando os Jesuítas chegarem ao Brasil e ensinaram como cozinhar alimentos envoltos em folha de bananeira em buracos. A forma como é cozido, utiliza a multiplicidade de ingredientes e condimentos usados, além dos rituais que cercam a sua preparação.

Década de 1960[editar | editar código-fonte]

O Carneiro no Buraco foi inspirado num filme de faroeste assistido no Cine Mourão, na década de 1960, que mostrava o preparo culinário de carne e legumes num buraco escavado no solo, onde se queimava antecipadamente certa quantidade de lenha. Inspirado na cena, os pioneiros que assistiram ao filme, partiram para a prática com o preparo da carne, exigindo 12 horas de trabalho.

Década de 1970[editar | editar código-fonte]

O fotógrafo e artista plástico, Tony Nishimura, apaixonado pelas lides culinárias, em meados da década de 1970, começou a preparar a carne como entretenimento entre seus amigos até chegar à receita que hoje é utilizada.

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

Em 1991, foi oficializado como prato típico da cidade e criada a "Festa do Carneiro no Buraco", sendo coordenado por Tony Nishimura.


Festa Nacional do Carneiro no Buraco[editar | editar código-fonte]

A festa é realizada no Parque de Exposições Getulio Ferrar, sendo organizado pelo município, em conjunto com Contur (Conselho Municipal de Turismo), entidades, Associação Comercial e Industrial, Sindicato rural entre outros, e acontece durante seis dias. O ponto alto dos festejos é o domingo da festa, quando é servido o o prato típico no almoço. 

Na primeira edição da festa foram servidos 70 tachos (1 tacho 60 pessoas) e com o aumento da popularidade da festa, atualmente são servidos algo em torno de 183 tachos.


Receita[editar | editar código-fonte]

Ingredientes[editar | editar código-fonte]

  • carne de carneiro de média idade
  • tomate – miúdos
  • batata doce
  • mandioquinha salsa
  • chuchu
  • cenoura
  • pimentão
  • vagem
  • maçã vermelha – miúdas
  • abobrinha -
  • cebola – miúdas
  • temperos

Preparo[editar | editar código-fonte]

O prato típico de Campo Mourão é cozido em um buraco de 1,50 metros de profundidade e abertura de 1,05 metros, com dois metros cúbicos de lenha seca e um tacho de 30 polegadas, com tampa metálica. Os ingredientes do tempero são batidos no liquidificador, a carne cortada em pedaços pequenos, a qual deve permanecer por três horas na vinha. No tacho untado, a primeira camada é sempre de chuchu e abobrinha. Em seguida, alternam-se as camadas de carne e legumes.

No final, colocam-se por cima os tomates, as cebolas e maçãs, inteiros. O restante do tempero que sobrou da vinha é despejado no tacho por cima de todos os legumes. Após a queima de dois metros de lenha no buraco, por um período de seis horas, é descido o tacho, que fica sobre as brasas e coberto com uma tampa metálica e vedado com terra.

Ganchos especiais são usados na colocação e retirada do tacho. Após seis horas, a iguaria está pronta. O pirão é preparado com caldo retirado do tacho e farinha de mandioca torrada, além de cheiro verde e pimenta a gosto. O Carneiro no Buraco é servido acompanhado ainda de arroz branco e salada de almeirão. Pode ser acompanhado de vinho, cerveja ou refrigerante. Um tacho dá para cerca de 60 pessoas.

Tempo de preparação: aproximadamente 12 horas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.