Castelo de Eilean Donan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O castelo, visto do oeste.

O Castelo de Eilean Donan (em gaélico escocês, Eilean Donnáin) foi construído em uma pequena ilha em Loch Duich, a oeste das Terras Altas escocesas, conectada à margem próxima por uma ponte e situa-se a meia milha da vila de Dornie. A ilha de Eilean Donan (que significa ilha de Donan) foi nomeada em homenagem a Donan de Eigg, um mártir celta da Alta Idade Média.

O castelo de Eilean Donan[editar | editar código-fonte]

Loch Duich e castelo de Eilean Donan com a Ilha de Skye ao longe.

O castelo original foi construído em inícios do século XIII, como uma defesa contra viquingues.[1] Ainda no século XIII, tornou-se uma fortaleza do clã Mackenzie de Kintail (posteriormente, condes de Seaforth). Em 1511, o clã Macrae, como protetores dos Mackenzies, herdou o castelo.

Em 1539, Iain Dubh Matheson, chefe do clã Matheson, morreu na defesa do castelo contra o clã MacDonald of Sleat, em aliança aos Macraes e aos Mackenzies.

Em abril de 1719, o castelo foi ocupado por tropas espanholas que tentavam iniciar uma nova revolta jacobita. O castelo foi, todavia, recapturado e então demolido por três fragatas da real marinha, em maio de 1719. As tropas espanholas foram derrotadas um mês depois, na batalha de Glen Shiel.

O castelo foi restaurado entre 1919 e 1932, pelo tenente-coronel John Macrae-Gilstrap. A restauração incluiu a construção de uma ponte arcada a fim de oferecer um acesso mais fácil à ilha. Em 1983, a Conchra Charitable Trust foi fundada pela família de Macrae para cuidar do castelo.

Uma curiosidade é que Eilean Donan possui uma das duas únicas escadas em espiral para canhotos situadas em castelos na Grã-Bretanha, visto que o rei do tempo da construção do castelo era canhoto. Outras curiosidade são um canhão cinza da Grande Guerra, situado fora da construção, e um memorial aos Macraes mortos durante esse confronto.

Atualmente, Eilean Donan é o lar do clã Macrae. Em 2001, a ilha tinha uma população de apenas uma pessoa.

Fama[editar | editar código-fonte]

O castelo é um dos monumentos escoceses mais fotografados e um local popular para casamentos e locações cinematográficas. Aparece em filmes como: The Master of Ballantrae (1953)[2] , The Private Life of Sherlock Holmes (1970), Highlander (1985)[2] , Mio in the Land of Faraway (1987), Loch Ness (1996)[2] , Kuch Kuch Hota Hai (1998), The World Is Not Enough (1999)[2] , Kandukondain Kandukondain (2000), Elizabeth: The Golden Age (2007) e Made of Honor (2007).

Também figurou no encarte do álbum Dreamcatcher: Best Of (2000), da banda Secret Garden

Galeria[editar | editar código-fonte]

57° 16′ N 05° 30′ W

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Miket and Roberts, The Mediaeval Castles of Skye and Lochalsh (2nd edition, Birlinn Ltd, 2007)

Referências

  1. "History" eileandonancastle.com. Acessado em 14 de julho de 2009.
  2. a b c d [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Castelo de Eilean Donan