Castro Verde (freguesia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Castro Verde 
  Freguesia portuguesa extinta  
Símbolos
Brasão de armas de Castro Verde
Brasão de armas
Gentílico castrense, castro-verdense
Localização
Castro Verde está localizado em: Portugal Continental
Castro Verde
Localização de Castro Verde em Portugal Continental
Mapa de Castro Verde
Coordenadas 37° 41' 52" N 8° 04' 55" O
município primitivo Castro Verde
município (s) atual (is) Castro Verde
Freguesia (s) atual (is) Castro Verde e Casével
História
Fundação 20 de Setembro de 1510
Extinção 2013
Características geográficas
Área total 288,32 km²
População total (2011) 4 898 hab.
Densidade 17 hab./km²
Outras informações
Orago São Pedro

Castro Verde foi uma freguesia portuguesa do concelho de Castro Verde, com 299,53 km² de área e 4 898 habitantes (2011). Densidade populacional: 16,4 hab/km². Povoações da freguesia: Aivados, Almeirim, Castro Verde, Estação de Ourique, Geraldos, Monte Cerro, Namorados, Piçarras.

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de Casével, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Castro Verde e Casével da qual é a sede.[1]

É muito provavelmente com a chegada dos romanos à região, há cerca de dois mil anos, que se dá o início da ocupação de Castro Verde. Tradicionalmente, o seu topónimo, "Castrum Veteris" (associado à instalação aqui de um acampamento militar romano) advém-lhe exactamente desse período rico para a História de toda a região, mas que dá continuidade à estrutura económica que desde cerca de 1000 a.C. trouxe à região comunidades de pastores e mineiros em busca das pastagens ricas e dos afloramentos metálicos do Campo Branco e da Faixa Piritosa.

A vila de Castro Verde obteve foral de D. Manuel I, em 20 de Setembro de 1510, mas o território do município só fica definitivamente traçado em meados do século XIX.[2]

A nível arquitectónico é de destacar, em particular, o património religioso, nomeadamente a Basílica Real ou Igreja Matriz, construída em 1713, cujo interior é todo revestido com azulejos setecentistas policromados, alusivos à lendária Batalha de Ourique, onde se encontra instalado o Núcleo Museológico denominado Tesouro da Basílica Real. Bem perto desta igreja, no início da Rua D. Afonso I, encontra-se um outro espaço religioso dedicado a Nossa Senhora dos Remédios, a Igreja das Chagas do Salvador, onde é possível visitar algumas telas setecentistas. O Museu da Lucerna é outro pólo de divulgação do património de Castro Verde que importa visitar.

Castro Verde é muito conhecida pela sua secular feira de Outubro: A Feira de Castro. A maior feira do Sul. Funciona como centro de negócios para os concelhos vizinhos e recebe anualmente milhares de visitantes que aqui se deslocam para viver a última grande feira do Sul. De origem medieval, tem em Filipe II o seu grande impulsionador, quando em 1620, decreta que as receitas da feira sejam utilizadas nas obras da Igreja das Chagas do Salvador.

Por ser sede de concelho e por aqui residir mais de 50% da sua população, Castro Verde está equipado com um conjunto de infra-estruturas de interesse municipal. A vila registou um crescimento populacional nos últimos anos, surgiram novos bairros, onde se respeita o "urbanismo do Sul", bem como novos espaços de lazer, que reflectem a preocupação da valorização ambiental urbana, onde a arte pública tem um papel de destaque.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Castro Verde (1864 – 2011) [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
3 400 3 635 3 932 3 734 4 643 4 946 5 303 6 164 6 155 5 538 4 708 4 249 4 646 4 820 4 898

Localidades[editar | editar código-fonte]

Património[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  2. «Paróquia de Castro Verde». Arquivo Distrital de Viseu. Consultado em 28 de Outubro de 2013 
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  4. a b c d e f g h Câmara Municipal de Castro Verde dados do INE de 2001.