Catóblepa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Catoblepas (desenho de Jan Jonston, Historia naturalis de quadrupedibus, Amsterdam 1614)

O catóblepa (do grego καταβλέπω: "que olha para baixo") é um animal mitológico, quadrúpede, semelhante a um antílope, com uma cabeça tão grande e pesada que só pode olhar para baixo. Seus olhos são vermelhos e injetados, e ele pode matar somente com o olhar. As suas costas têm escamas que o protegem. Plínio, o Velho, disse que ele vivia na Etiópia.[1]

Esta curiosa criatura foi também descrita por Claudio Eliano, Leonardo da Vinci, Topsell e Flaubert. O Padre Manuel Bernardes, fez a seguinte alusão ao monstro:

"Vem cá, catóblepa dos olhos carregados, e focinho derribado sobre a terra, não basta a força de um Deus para os levantares e adora-lo?" (António Feliciano de Castilho, Padre Manoel Bernardes: Excertos, tomo I, Rio de Janeiro, 1865, p. 66).

O catóblepa é provavelmente uma visão fantasiosa do gnu ou do pangolim.

Catóblepa aparece na cultura pop representado em jogos como o RPG Dungeons & Dragons, Magic: The Gathering e Final Fantasy (jogo eletrônico)

.

Referências

Erro de citação: Elemento de fecho </ref> em falta para o elemento <ref></ref></ref>

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.