Catolé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a cidade Catolé do Rocha, veja Catolé do Rocha.

.

Como ler uma caixa taxonómicaCatolé
Inflorescência do catolé.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Arecales
Família: Arecaceae
Género: Syagrus
Nome binomial
Syagrus cearensis
Noblick

Catolé é um pequeno fruto proveniente de uma palmeira, Syagrus cearensis, que produz coco-catolé, típico da Mata Atlântica.

Outras palmeiras também são chamadas de catolé, entre elas a Syagrus smithii, ameaçada de extinção, e a Syagrus cearensis, de ampla ocorrência no estado do Ceará, como sugere o nome.

Nos trópicos, os cocos são muito apreciados, tanto pelos turistas como pelos nativos. No Brasil, seus maiores cultivadores estão localizados no Nordeste e no estado do Pará. O coqueiro gosta de clima quente e úmido.

Características[editar | editar código-fonte]

Sua altura pode chegar a 30 metros. Também existem variedades anãs, que não ultrapassam três metros. Geralmente as espécies de catolé não têm casca, o que a difere completamente da macaúba (que tem casca).

Frutos de Syagrus cearensis, uma das espécies conhecidas por catolé

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre palmeiras (família Arecaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.