Centro de história da família

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Os centros de história da família (CHF) são locais de pesquisa genealógica ligados à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Em 2015, havia mais de 2 100 CHF em 140 países[1], sendo coordenados pela entidade denominada FamilySearch, cuja sede se localiza na cidade de Salt Lake City (Utah) nos Estados Unidos da América.

Fundada em 13 de novembro de 1894, a Sociedade Genealógica de Utah, hoje FamilySearch, disponibiliza online e nos CHF um gigantesco banco de dados genealógico, possivelmente o maior do mundo desta natureza. São mais de dois bilhões de microfilmes (boa parte já digitalizada) que reproduzem os seguintes registros:

  • assentos de registro civil (registros de nascimento, casamento e óbito)
  • assentos de registro paroquial (registros de batismo, casamento religioso e morte)
  • censos de população
  • listas de passageiros de navios
  • listas de hospedarias de imigrantes
  • livros sobre temas da genealogia (livros de famílias ilustres, brasonários etc.)
Placa de identificação do Centro de História da Família do Templo SUD de São Paulo.

Os CHF normalmente são geridos por voluntários membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e são abertos a todos os cidadãos, independentemente da sua religião.

A depender de contratos com as instituições que guardam determinados registros, somente durante pesquisa presencial num CHF é possível ter acesso aos livros digitalizados para consulta[2].

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Genealogia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]