Charles van Doren

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Charles Van Doren
Charles Van Doren (à direita)
Nome completo Charles Lincoln Van Doren
Nascimento 14 de janeiro de 1935
Nova Iorque, Estados Unidos
Morte 9 de abril de 2019 (93 anos)
Canaan, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Ocupação Professor

Charles Lincoln Van Doren (Nova Iorque, 12 de fevereiro de 1926 – Canaan, 9 de abril de 2019) foi um intelectual, escritor e editor estadunidense que se envolveu em um escândalo em um quiz show televisivo na década de 1950. Em 1959, ele testemunhou perante o Congresso dos Estados Unidos que havia recebido as respostas corretas por parte dos produtores do programa Twenty One.[1]

Charles Van Doren nasceu em uma família com tradição literária: é filho do poeta, escritor e professor da Universidade de Columbia, Mark Van Doren, vencedor do Prêmio Pulitzer na categoria “poesia”; sua mãe foi a romancista Dorothy Van Doren; e o historiador Carl Van Doren, também vencedor do Pulitzer na categoria “biografia”, era seu tio. Foi um acadêmico dedicado com uma ampla variedade de interesses.

Graduou-se pela The High School of Music & Art, com bacharelado em artes liberais pelo St. John’s College, com mestrado em astrofísica e doutorado em língua inglesa pela Columbia University. [2]

Faleceu em 9 de abril de 2019 aos 93 anos de idade.[3]

Referências

  1. «After 49 years, Charles Van Doren talks». The New York Times 
  2. Charles Van Doren. Encarta.
  3. «Charles Van Doren, a Quiz Show Whiz Who Wasn't, Dies at 93» (em inglês). The New York Times. 10 de abril de 2019. Consultado em 10 de abril de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]