Cheque especial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Cheque especial é, no sistema financeiro brasileiro, o crédito automático que o banco possibilita ao cliente caso ele necessite efetuar pagamentos ou transferências em sua conta, e não há saldo disponível.

Com juros superiores a 400% ao ano, o cheque especial na realidade não tem nada de especial. Ao invés de tornar as empresas e pessoas especiais, a utilização desse tipo de crédito aumenta, a quantidade de devedores no Brasil[1].

O cheque especial é uma modalidade de crédito que permite a quem o contrata ter dinheiro rápido para cobrir eventuais débitos[2]. É disponível a partir de verificações e disponibilizações pelo banco. Os juros cobrados são mais caros, pois o crédito fica sem movimento esperando futuras 'emergências' financeiras de seus clientes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Lehmann, J (22 de agosto de 2018). «Cheque Especial». Lehmann Advogados. Consultado em 9 de maio de 2020 
  2. «Cheque Especial: o que é, quais os riscos e como sair dele». Pago Quando Puder. 18 de maio de 2019. Consultado em 18 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.