Banco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: se procura a outros significados com o mesmo nome, veja Banco (desambiguação).
Edifício-sede do Banco Mundial.

Bancos (do germânico banki, através do latim vulgar) são instituições financeiras intermediárias entre agentes superavitários e agentes deficitários.[1] Exercem, além de outras funções, a de captar os recursos dos superavitários e emprestá-los a juros aos deficitários, gerando a margem de ganho denominada de spread bancário. Todo banco, público ou privado, apresenta estas características. Os bancos têm, também, por funções, depositar capital em formas de poupança, financiar automóveis e casas, trocar moedas internacionais, realizar pagamentos, entre outros.

História[editar | editar código-fonte]

O surgimento das operações bancárias foi simultâneo ao surgimento da moeda, na medida em que o surgimento desta logo criou a necessidade de instituições que a guardassem e emprestassem. O nome "banco", porém, foi criado pelos banqueiros judeus de Florença na época do Renascimento, designando a mesa onde eram trocadas as moedas. Em 1406, foi criado aquele que é considerado o primeiro banco moderno: o Banco di San Giorgio, em Gênova. Em 1983, o Banco da Escócia se tornou o primeiro banco a oferecer serviços eletrônicos, tendência esta que vem se ampliando continuamente desde então no mundo inteiro. [2]

Tipos de bancos[editar | editar código-fonte]

Porta de uma caixa-forte.

Funções no Balcão de um Banco[editar | editar código-fonte]

  • Tesoureiro/Caixa: contato direto com o cliente ao nível transacional (levantamentos, depósitos, transferências, gestão de tesouraria etc.) e comercial.
  • Administrativo/Comercial: contato comercial com o cliente ao nível da venda de produtos e serviços e atendimento geral.
  • Gestor de conta: responsável por uma carteira de clientes, dinamizando a venda de produtos e serviços direcionados.
  • 2º Responsável ou Sub-gerente: responsável pelo desenvolvimento comercial e institucional, na ausência do Gerente, bem como desempenho ao nível comercial de venda de produtos e serviços financeiros.
  • Gerente: responsável pelo desenvolvimento comercial e institucional e elo entre chefias intermédias.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 227.
  2. A História dos Bancos. Disponível em http://seuhistory.com/infograficos/historia-dos-bancos. Acesso em 1 de janeiro de 2016.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Lista de bancos[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Banco