Lista dos maiores bancos do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde outubro de 2017).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e direta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

Maiores bancos por ativos totais[editar | editar código-fonte]

Posição Nome do banco Cidade sede Ativos totais em R$ (bilhões) Data dos dados País de origem
1 Itaú Unibanco São Paulo Aumento 1.649[1] Dezembro de 2018  Brasil
2 Banco do Brasil Brasília Aumento 1.396[2] Dezembro de 2018  Brasil
3 Bradesco Osasco Aumento 1.305[3] Dezembro de 2018  Brasil
4 Caixa Econômica Federal Brasília Aumento 1.300[4] Março de 2018  Brasil
5 BNDES Rio de Janeiro Aumento 877,2[5] Dezembro de 2014  Brasil
6 Santander Brasil São Paulo Aumento 705,03[6] Junho de 2019 Flag of Spain.svg Espanha
7 INTER Rio de Janeiro Aumento 215,4[7] Março de 2015  Brasil
8 HSBC Brasil Curitiba Aumento 168,0[8] Dezembro de 2014  Reino Unido
9 Banco Safra São Paulo Baixa 145,0[9] Junho de 2015  Brasil
10 Banco Votorantim São Paulo Aumento 105,5[10] Março de 2015  Brasil
11 Banrisul Porto Alegre Aumento 77,4[11] Dezembro de 2018  Brasil
12 Citibank Brasil São Paulo Aumento 58,9[12] Dezembro de 2014  Estados Unidos
13 Banco do Nordeste Fortaleza Aumento 39,4[13] Março de 2015  Brasil

Maiores bancos por patrimônio líquido[editar | editar código-fonte]

Dados do Banco Central do Brasil.[14]

Posição Nome do banco Cidade sede Patrimônio líquido em R$ Data dos dados País de origem
1 Itaú Unibanco São Paulo 98.217.297 mil Setembro de 2014  Brasil
2 Bradesco Osasco 79.411.885 mil Setembro de 2014  Brasil
3 Banco do Brasil Brasília 71.488.952 mil Setembro de 2014  Brasil
4 Santander Brasil São Paulo 59.197.870 mil Setembro de 2014 Flag of Spain.svg Espanha
5 BNDES Rio de Janeiro 41.221.840 mil Setembro de 2014  Brasil
6 Caixa Econômica Federal Brasília 28.521.935 mil Setembro de 2014  Brasil
7 BTG Pactual Rio de Janeiro 14.220.828 mil Setembro de 2014  Brasil
8 HSBC Brasil Curitiba 9.978.097 mil Setembro de 2014  Reino Unido
11 Citibank Brasil São Paulo 9.354.494 mil Janeiro de 2018  Estados Unidos
9 Banco Safra São Paulo 8.462.038 mil Setembro de 2014  Brasil
10 Banco Votorantim São Paulo 7.682.955 mil Setembro de 2014  Brasil
12 Banrisul Porto Alegre 7.278.900 mil Dezembro de 2018  Brasil

Maiores bancos por lucro[editar | editar código-fonte]

Posição Nome do banco Cidade sede Lucro em R$ (milhões) Ano dos dados País de origem
1 Itaú Unibanco São Paulo Aumento 22.150[15] 2016  Brasil
2 Bradesco Osasco Aumento 17.121[16] 2016  Brasil
3 Banco do Brasil Brasília Baixa 8.034[17] 2016  Brasil
4 Santander Brasil São Paulo Aumento 7.339[18] 2016 Flag of Spain.svg Espanha
5 BNDES Rio de Janeiro Baixa 6.392[19] 2016  Brasil
6 Caixa Econômica Federal Brasília Baixa 4.137[20] 2016  Brasil
7 BTG Pactual Rio de Janeiro Baixa 3.325[21] 2016  Brasil
8 Banco Safra São Paulo Aumento 1.547[22] 2014  Brasil
10 Banrisul Porto Alegre Aumento 1,09[23] 2018  Brasil
9 Citibank Brasil São Paulo Baixa 958,16[24] 2016  Estados Unidos
11 Banco Votorantim São Paulo Baixa 426[25] 2016  Brasil

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Itaú Unibanco lucra R$ 23,360 bilhões em 2015, alta de 15,4%». Valor Econômico 
  2. [1]
  3. «Bradesco tem lucro líquido de R$4,353 bilhões no 4º tri | EXAME». exame.abril.com.br. Consultado em 19 de outubro de 2017 
  4. [2]
  5. [3]
  6. «Balanço Financeiro Santander BR - SANB11». https://br.advfn.com/. 1 de abril de 2019. Consultado em 11 de junho de 2019 
  7. «Visão Geral». BTG Pactual. Consultado em 19 de outubro de 2017 
  8. «Bradesco compra operação brasileira do HSBC por US$ 5,2 bilhões». Valor Econômico 
  9. [4]
  10. [5]
  11. «Divulgação dos Resultados - 4T18 e 2018». Banrisul - Relação com Investidores. Banrisul. 11 de abril de 2019. Consultado em 8 de maio de 2018  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  12. [6]
  13. [7]
  14. «50 maiores bancos e o consolidado do Sistema Financeiro Nacional». Banco Central do Brasil. Consultado em 30 de Dezembro de 2014 
  15. «Lucro recorrente do Itaú sobe 1,8% no 4º trimestre, para R$ 5,817 bi». Valor Econômico 
  16. «Lucro ajustado do Bradesco cai 3,9% no 4º trimestre, para R$ 4,38 bi». Valor Econômico 
  17. «Lucro do Banco do Brasil cai para R$ 8,034 bilhões em 2016». G1 
  18. «Santander Brasil tem lucro gerencial de R$ 1,989 bi no 4º trimestre». Valor Econômico 
  19. «BNDES vê lucro líquido subir 3,1% em 2016, para R$ 6,392 bilhões». Valor Econômico 
  20. «Caixa vê lucro de R$ 691 milhões no trimestre e R$ 4,1 bilhões em 2016». Valor Econômico 
  21. «GaúchaZH». zh.clicrbs.com.br. Consultado em 19 de outubro de 2017 
  22. [8]
  23. «Lucro líquido do Banrisul chega a R$ 1,09 bilhão em 2018 e atinge maior valor em 90 anos, mostra balanço». g1.globo.com. G1. 12 de fevereiro de 2019. Consultado em 8 de maio de 2019  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  24. «Lucro do Citi no Brasil cresce 7,2% em 2016». Valor Econômico 
  25. Comércio, Jornal do. «Lucro do Banco Votorantim encolheu 11,6% em 2016». Jornal do Comércio 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]