Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Logo da ANBIMA

A Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA) representa as instituições do mercado de capitais brasileiro. A entidade possui mais de 340 associados,[1] entre bancos comerciais, bancos múltiplos e bancos de investimento, empresas de gestão de ativos, corretoras, distribuidoras de valores mobiliários e gestores de patrimônio.[2]

Além da atividade de representação, a ANBIMA atua como entidade autorreguladora voluntária, através de 10 Códigos de Regulação e Melhores Práticas. As instituições que aderem aos códigos, conforme seu segmento de atuação, ficam sujeitas à supervisão de mercados da associação.[3]

A ANBIMA é também a principal entidade certificadora dos profissionais dos mercados financeiro e de capitais do Brasil. São oferecidos quatro exames: CPA-10, CPA-20, CEA e CGA. Além disso, ela é associada sênior do Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF), que mantém a Certificação CFP de planejamento financeiro pessoal no Brasil.[4][5]

Foi criada em 21 de outubro de 2009 como resultado da união entre a Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid) e a Associação Nacional das Instituições do Mercado Financeiro (Andima), que já atuavam há cerca de 40 anos antes da fusão.[6]

A entidade possui uma das maiores, se não a maior, base de dados sobre os mercados financeiro e de capitais no Brasil, sendo fonte de referência diária para as principais mídias do país, sejam elas impressas ou eletrônicas, tais como os jornais Valor Econômico,[7] O Estado de S. Paulo[8] e Folha de S. Paulo.[9]

Referências

  1. http://portal.anbima.com.br/fundos-de-investimento/regulacao/codigo-de-fundos-de-investimento/Pages/participantes.aspx
  2. «Certificação Profissional ANBIMA». Anbid. Consultado em 15 de outubro de 2015 
  3. «CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANBIMA – SÉRIE 10». Anbid. Consultado em 15 de outubro de 2015 
  4. IBCPF. «Relação dos associados». Consultado em 1 de março de 2014 
  5. «Certificação». Site oficial da Anbid. Consultado em 15 de outubro de 2015 
  6. «Anbima é a nova entidade criada por Andima e Anbid». VEJA. 18 de setembro de 2009. Consultado em 15 de outubro de 2015 
  7. «Fundos de investimento têm captação líquida de R$30,6bi na semana». Valor Econômico. Consultado em 1 de março de 2014 
  8. O Estado de S. Paulo. «A redução da dívida pública deveu-se a um mau motivo». Consultado em 1 de março de 2014 
  9. Folha de S. Paulo. «Dólar recua 3,4% e deixa fundos cambiais na lanterna». Consultado em 1 de março de 2014 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligação externa[editar | editar código-fonte]