Banco Original

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Banco Original
Logotipo do Banco Original
Empresa de capital fechado
Slogan Você é original. Esse banco é seu.
Indústria Serviços financeiros
Gênero Privada
Fundação março de 2011 (7 anos)
Sede São Paulo, SP, Brasil
Área(s) servida(s) Em todo o Brasil
Proprietário(s) J&F Investimentos
Presidente Marcio Linares[1][2][3]
Produtos Banco móvel
Ativos Aumento R$ 8,66 bilhões (2016)
Lucro Baixa R$ 18,46 milhões (2016)
LAJIR Aumento R$ 408,91 milhões (2016)
Faturamento Aumento R$ 1,011 bilhão (2016)
Antecessora(s) Banco JBS
Banco Matone
Website oficial www.original.com.br

O Banco Original é uma instituição financeira brasileira controlada pela holding J&F fundada em 2011 a partir da fusão de dois bancos, o Banco JBS e o Banco Matone.[4][5][6] Além de oferecer serviços bancários para empresas, oferece serviços de um banco de varejo digitalmente.

História[editar | editar código-fonte]

O Banco Original foi fundado em março de 2011 a partir da união do Banco JBS e Banco Matone. A instituição financeira é controlada pela holding J&F que realizou um aporte de 1,85 bilhão de reais, além de um financiamento do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) para a fundação do banco.[5][7]

Inicialmente o foco de negócio do banco foi no agronegócio e no varejo.[6] Em 2013, o Banco Original expandiu suas operações para o segmento corporativo, com foco em clientes com faturamento acima de 300 milhões de reais por ano.[8][9]

Em outubro de 2013, o Banco Original ocupou o 2º lugar no quesito Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) e o 1º lugar no quesito taxa de câmbio no ranking Top 5 do Banco Central, que avalia as instituições financeiras do Brasil.[10][11] Em 2014, O Banco Original adquiriu a banco de investimento Latin Finance Advisory & Research expandindo seus serviços para fusões e aquisições, financiamento de projetos, reestruturação e mercado de capitais.[12][13] No mesmo ano, o banco apresentou um lucro líquido de 73,19 milhões de reais, 9,4% maior comparado a 2013. A carteira de empréstimos apresentou um crescimento de 130,7% também comparada aos resultados obtidos no ano anterior.[7]

Desde o início das operações, o Banco Original não conta com agências próprias. O atendimento ao varejo era realizado através da rede de lojas Bem-vindo, adquirida na integração com o Banco Matone. A rede Bem-vindo possuía 70 lojas e 600 mil clientes ativos em 2011, quando o banco foi fundado. [6]

Até 2016, o Banco Original abriu cerca de mil contas por dia. No primeiro trimestre de 2016, os ativos já totalizavam 6,6 bilhões de reais, 2,2 bilhões de reais de patrimônio e 5.700 clientes.[14]

Banco Digital[editar | editar código-fonte]

Em 2013, o Banco Original deu início a um projeto para se tornar o primeiro banco brasileiro 100% digital, onde não haverá agências e todos os serviços serão oferecidos por meio de aplicativos para computadores, celulares, tablets e Smart TVs. Em 2015, um novo site com a nova identidade do banco foi lançado como primeira iniciativa.[15][16]

Em março de 2016, o Original lançou sua operação de varejo 100% digital, a partir de investimentos de R$ 600 milhões iniciados cerca de três anos antes. A campanha publicitária de lançamento teve como garoto propaganda o recordista mundial de atletismo Usain Bolt. Baseada no conceito de originalidade, a campanha criada pela agência Fischer foi assinada com o slogan Você é original. Esse banco é seu. Bolt também protagonizou o lançamento do cartão Mastercard Gold 9.58 do banco, fazendo referência ao recorde mundial dos 100 metros rasos do atleta.[17][18]

O projeto foi comandado pelo idealizador do banco, Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central e atual Ministro da Fazenda do governo Temer.[3]

Também em 2016, foi lançada uma ferramenta digital chamada Bot Original que permite interação instantânea com o público pelo Messenger do Facebook. O Bot foi desenvolvido pela área de inovação do banco e funciona como um SAC robotizado fornecendo respostas programadas sobre pagamentos, alterações cadastrais, caixa eletrônico, câmbio, cartões e cheques, conta corrente, fundos, investimentos, política e perfil institucional, programa de pontos, segurança e tarifas.[19][20][21][22]

Referências

  1. «Por que Henrique Meirelles é o favorito do mercado financeiro para o Brasil da crise». El País. Consultado em 6 de Outubro de 2016 
  2. «CDB Banco Original». Desfixa. Consultado em 6 de Outubro de 2016 
  3. a b «Henrique Meirelles, ministro da Fazenda do governo Temer». G1. Consultado em 6 de Outubro de 2016 
  4. «Conheça os 50 maiores bancos do país; Itaú e Bradesco lideram ranking». UOL. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  5. a b «Banco Original, do JBS, terá foco no agronegócio». Estadão. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  6. a b c «Dona do JBS lança Banco Original». Exame. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  7. a b «Lucro do Banco Original cresce 9,4% em 2014». Valor Econômico. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  8. «Banco Original, da J&F, entra no segmento de corporate banking». InfoMoney. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  9. «Banco Original, dos donos do JBS, amplia atuação corporativa». Exame. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  10. «Joesley, agora, só fala de Banco Original e de Henrique Meirelles». Época. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  11. «Instituições Top 5 Médio Prazo» (PDF). Banco Central do Brasil. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  12. «Banco do grupo do JBS quer crescer». Pecuaria.com. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  13. «COM CAPITAL, BANCO ORIGINAL BUSCA O VAREJO». Associação Brasileira de Bancos. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  14. «Banco Original, abre mil contas por dia, aponta BTG». InfoMoney. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  15. «PROJETO DE BANCO TOTALMENTE DIGITAL, TOCADO POR HENRIQUE MEIRELLES, COMEÇA A SAIR DO PAPEL». Época Negócios. Globo. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  16. «Brasil deve ganhar 1º banco 100% digital ainda neste ano». Bonde. Consultado em 26 de Janeiro de 2016 
  17. «Henrique Meirelles, ministro da Fazenda do governo Temer». Meio e Mensagem. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  18. «Bolt protagoniza campanha do Banco Original criada pela Fischer». Grandes nomes da propaganda. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  19. «Banco Original cria robô para interagir com clientes via Facebook». Computer World. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  20. «Banco Original lança consulta de saldo e extrato pelo Messenger do Facebook». Faixa Mobi. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  21. «Original libera APIs para integrar serviços financeiros à IoT». Computer World. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  22. «Era do Open Baking chegou». Cliente SA. Consultado em 1 de novembro de 2016 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]