Filial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2017). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Filial é uma loja (normalmente comercial) que está subordinada a uma empresa matriz.

Formas de filiação[editar | editar código-fonte]

O comércio filial pode ocorrer de duas maneiras:

Na primeira, a loja já existia como uma empresa independente, até ser adquirida por outra. Assim, apesar de possuir independência de gestão e às vezes até a preservação de seu nome original, precisa mandar uma remessa de dinheiro mensal ou anual proporcional ao lucro adquirido. Em escala maior, um exemplo é a fusão da Telemar com a Oi, e do Itaú com o Unibanco Brasil. Essas quatro empresas preservam a marca apesar da agregação.

Na segunda forma (a mais comum), a loja filial já foi aberta pela matriz, assim sendo possui comando administrativo direto da central e divulga o nome da empresa matriz. Toda filial deve possuir o mesmo ramo de atividade da matriz exemplo: se a matriz tiver como objeto comércio varejista de calçados esse também é o ramo da filial. Também fica destacado um valor de capital para a filial, desde que este valor nunca ultrapasse o valor de capital da matriz.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.