Família Rothschild

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
A família Rothschild
Great coat of arms of Rothschild family
Etnia
Asquenazita
Local de Origem
Hamburgo
Mayer Amschel Rothschild, fundador da dinastia

A família Rothschild (Pronúncia francesa: [ʁɔt.ʃild], pronúncia inglesa: /rɒθs.tʃaɪld/, pronúncia em português: [ʁɔt.ʃild]) é uma família judia, com origem em Hamburgo, Alemanha, que estabeleceu uma dinastia bancária na Europa.

Prosperou no fim do século XVIII, e chegou a ultrapassar as mais poderosas famílias bancárias rivais da época, como a família Baring e a família Berenberg.

Acredita-se que quando a família estava no seu auge, no século XIX, possuía a maior fortuna privada no mundo — assim como a mais larga fortuna da Idade Moderna. Acredita-se que a fortuna subsequentemente diminuiu, pois foi dividida entre centenas de descendentes. Hoje, os negócios da família Rothschild estão numa escala muito menor que no século XIX, embora estejam envolvidos em diversos campos, incluindo: mineração, bancos, energia, agricultura mista, vinho e instituições de caridade.

Os Rothschild participaram dos negócios mais dinâmicos durante a Revolução Industrial,[1] em especial a indústria têxtil, que florescia. As tecelagens mecanizadas da Inglaterra produziam tecidos de qualidade em grande quantidade.

Passaram a negociar também essa mercadoria. O comércio do algodão oriundo da América do Norte para as tecelagens na Grã-Bretanha permitiu que a Casa Rothschild criasse vínculos através do Atlântico, com a florescente economia estadunidense.

Diz-se que fizeram boa parte de sua fortuna no fim das guerras napoleónicas, quando tiveram conhecimento antecipado da vitória da Inglaterra e lançaram um rumor no mercado que Napoleão havia ganho a guerra. Com isto a bolsa caiu quase a zero, e os Rothschild praticamente compraram a economia inteira da Inglaterra. Quando foi dada a verdadeira notícia - a de que a Inglaterra havia vencido a guerra - os Rothschild emergiram como a família mais rica da Europa.[2][3]

Origem e ascensão do nome Rothschild[editar | editar código-fonte]

O primeiro membro da família que ficou conhecido por usar o nome "Rothschild" foi Izaak Elchanan Rothschild, nascido em 1577. O nome significa "Escudo Vermelho" em alto-alemão antigo.

A ascensão da família para a preeminência internacional iniciou-se em 1744, com o nascimento de Mayer Amschel Rothschild em Frankfurt am Main, Alemanha. Foi filho de Amschel Moses Rothschild (nascido circa 1710), um cambista que havia negociado com o Príncipe de Hesse. Nascido no gueto judaico (chamado "Judengasse") , estabelecido pela Igreja em Frankfurt, Mayer construiu uma casa de finanças e espalhou seu império por instalar cada um de seus cinco filhos nos principais centros financeiros europeus, para conduzir negócios.

Maior fortuna do planeta[editar | editar código-fonte]

Estabelecida no centro da cidade de Londres, onde é proprietária das propriedades do bairro City, a fortuna da família Rothschild aumentou dramaticamente através daquele que é considerado o maior golpe das bolsas de valores de todos os tempos. O ano era 1815 e a guerra entre Inglaterra e França se aproximava do desfecho final. Nathan Rothschild enviou seus informantes para acompanhar a Batalha de Waterloo e ficou sabendo com antecedência da derrota dos franceses. Nathan espalhou rapidamente o boato de que a Inglaterra havia sido derrotada e que Napoleão rumava para Londres, desencadeando o pânico na bolsa de valores londrina. Todos queriam vender suas ações e fugir da cidade. Em poucas horas todas as grandes empresas inglesas foram compradas pelos agentes de Nathan Rothschild por valores meramente simbólicos. Quando a notícia da derrota de Napoleão chegou os preços retornaram ao patamar anterior e os Rothschild se tornaram a família mais rica do planeta detentora do controle efetivo da econômica inglesa. O tamanho exato da fortuna é desconhecido.

Poucos anos depois efetuaram um golpe similar na França. Os franceses tinham dificuldades visíveis para refazer-se da sua derrota. Em 1817 concluíram um acordo para obter um crédito de uma soma considerável do banco francês Ouvrard e do Baring Brothers de Londres, mas não recorreram aos Rothschild. No ano seguinte, a França teve de novo necessidade de um crédito, porém descartaram mais uma vez os Rothschild. Tal não agradou em nada aos Rothschild, que procuraram por todos os meios possíveis convencer o governo a deixar os negócios, mas foi em vão. Em 5 de Novembro de 1818 aconteceu um imprevisto. O valor das obrigações do governo francês, que havia cessado de aumentar durante um ano, começou de repente a cair sem parar. A atmosfera estava tensa na corte do rei Luís XVIII. Os únicos a não estarem aflitos, e até mesmo rindo-se, foram os irmãos Rothschild, Kalmann e Jacob. Estes haviam comprado, em Outubro de 1818, uma enorme quantidade de obrigações do governo francês, graças ao auxílio dos seus agentes e das suas reservas ilimitadas, obrigações estas emitidas pelos seus rivais Ouvrard e Baring Brothers. O valor das obrigações tinha, portanto, aumentado. Mas em 5 de Novembro de 1818, passaram a inundar com inúmeras obrigações o mercado livre das principais praças comerciais da Europa, o que provocou “pânico” no mercado. A situação mudou de um só golpe e os Rothschild tornaram-se o “número um” na França. [4]

Referências

  1. Zeitgeist. Peter Joseph. EUA, Google Vídeo, junho de 2007 (116 min, legendado).
  2. Victor Gray and Melanie Aspey, "Rothschild, Nathan Mayer (1777–1836)", Oxford Dictionary of National Biography, Oxford University Press, Setembro 2004; edição online, maio 2006 accesso em 21 maio 2007.
  3. Rothschild and the Battle Of Waterloo: Napoleon vs the Duke of Wellington.
  4. Van Helsig, Jan. As Sociedades Secretas e o seu Poder no Século XX. [S.l.: s.n.] 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.