Instituição financeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Financeira opera administrando um equilíbrio delicado entre moedas, prazos e taxas negociados para os capitais que capta (passivos) e para os que aplica (ativos) no mercado, respeitando os critérios e normas estabelecidos pelas agências reguladoras/supervisoras de cada mercado onde atue.

Um complicador para a governança do Sistema Financeiro é a taxa de alavancagem entre os passivos e ativos da Instituição Financeira, a qual exige um contíno sistêmico.[1]

Referências

  1. HASTINGS, David F. - Banking. Editora Saraiva.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Agências Reguladoras / Agências Supervisoras (Brasil)
Outras fontes de informação