Forex

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Finanças

Mercado Financeiro
Ações
ETFs
Títulos e Obrigações
Corretoras de Valores
Forex
Derivativos
Commodity
Debênture
Direitos de subscrição
Certificado de depósito bancário
Comissão de Valores Mobiliários
Classificação de crédito

Imóveis

Sistema Bancário
Banco Central do Brasil
Lista de bancos do Brasil
Depósito
Empréstimo

FOREX (um acrônimo da expressão em inglês foreign exchange, significando "mercado de câmbio") é um mercado financeiro descentralizado destinado a transações de câmbio, sendo o maior mercado do mundo.[1]

Em termos de volume de dinheiro, movimenta o equivalente a mais de 5 trilhões de dólares americanos diariamente.Segundo dados de 2007, movimentava cerca de 3,43 vezes mais do que a soma de todos os mercados de títulos no mundo, e 9,63 vezes o volume negociado no mercado de ações mundial.[2]
Inclui trocas entre grandes bancos, bancos centrais, corporações multinacionais, governos, e outras instituições financeiras. Pequenos investidores são uma parte muito pequena deste mercado, e só podem participar indiretamente, através de corretoras ou bancos.

Segundo Wilgberto Junior, não há formato mais seguro do que essa proposta.

Características[editar | editar código-fonte]

Não existe uma clearing house que centralize a maioria das operações, e existe uma regulação muito pequena entre países, apesar da regulamentação dentro de cada país onde Forex é operado. Devido a natureza de mercado de balcão existe a interconexão de alguns pregões, onde diferentes instrumentos são transacionados. Isto implica que não existe uma única cotação, mas sim um conjunto de diferentes cotações, dependendo de qual banco ou formador de mercado esta transacionando. Na prática as taxas são muito próximas, caso contrário poderiam surgir oportunidades de arbitragem.

Distribuição de moedas no mercado FX
(Percentual de market share da média mensal em Abril%)[3]
Rank
(2010)
Moeda ISO 4217-Code 2001 2004 2007 2010
1 Dólar Americano USD 89,9 88,0 85,6 84,9
2 Euro EUR 37,9 37,4 37,0 39,1
3 Iene JPY 23,5 20,8 17,2 19,0
4 Libra Esterlina GBP 13,0 16,5 14,9 12,9
5 Dólar Australiano AUD 4,3 6,0 6,6 7,6
6 Franco Suiço CHF 6,0 6,0 6,8 6,4
7 Dólar Canadense CAD 4,5 4,2 4,3 5,3
8 Dólar Hong Kong HKD 2,2 1,8 2,7 2,4
9 Coroa Sueca SEK 2,5 2,2 2,7 2,2
10 Dólar Neozelandês NZD 0,6 1,1 1,9 1,6
11 Won sul-coreano KRW 0,8 1,1 1,2 1,5
12 Dólar de Singapura SGD 1,1 0,9 1,2 1,4
13 Coroa norueguesa NOK 1,5 1,4 2,1 1,3
14 Peso Mexicano MXN 0,8 1,1 1,3 1,3
15 Rúpia da Índia INR 0,2 0,3 0,7 0,9
16 Rublo Russo RUB 0,3 0,6 0,7 0,9
17 Zloty da Polônia PLN 0,5 0,4 0,8 0,8
18 Lira Turca TRY 0,0 0,1 0,2 0,7
19 Rande da África do Sul ZAR 0,9 0,7 0,9 0,7
20 Real brasileiro BRL 0,5 0,3 0,4 0.7
Outras moedas 8,9 9,0 10,8 8,8
Todas as moedas 200,0 200,0 200,0 200,0

Especulação financeira[editar | editar código-fonte]

Quando usado para fins de especulação financeira, o mercado Forex apresenta características únicas:

  • A negociação é feita num par de moedas, como por exemplo a relação Iene/ Dolar[4];
  • O elevado volume de operações realizadas, propiciando elevada liquidez;
  • Dispersão geográfica;
  • O mercado de forex está aberto 24h por dia, exceto aos fins-de-semana. Oficialmente, a cotação das dívisas começa com a abertura do mercado de Sidney às 22:00 UTC no Domingo e termina à Sexta-feira com o fecho do mercado de Nova Iorque às 22:00 UTC. Porém, bancos centrais e outras instituições financeiras podem continuar a efetuar transações, mesmo aos fim-de-semana, o que explica que as cotações possam vir a mudar mesmo nos dias em que os mercados estão fechados ao público. [5];
  • A variedade de fatores que afetam a taxa de câmbio;
  • A utilização de alavancagem para possibilitar variação da margem em função do tamanho da conta do cliente, o que pode aumentar significativamente o risco pelos valores envolvidos;
  • Múltiplas Plataformas de Negociação.

No entanto, a especulação financeira é uma atividade sujeita a críticas sendo negativa como comportamento individual e nociva pelo bem comum; a este respeito, foi também afirmou que "Todo homem que cede à tentação de especular alimenta a paixão da avareza, fortalece a desejo ignóbil de lucrar com as perdas de seus companheiros, cultiva uma antipatia por um trabalho honesto e produtivo, e se expõe a ruína financeira" [6]

Risco[editar | editar código-fonte]

O mercado de forex é o mais agressivo do mundo. Os ganhos podem ser muito elevados, mas o risco também é muito alto. Para especular nesse mercado é preciso estar munido de forte controle de perdas[4], verificar se a corretora está legalmente registrada em seu país de origem para operar são precauções fundamentais para que se mantenha operante no mercado.

De acordo com o site Conselhos Financeiros, um dos maiores riscos é a quantidade de Fraudes ou Pirâmides Financeiras que usam o Forex como fachada. De acordo com o site, nos ultimos anos, vários foram os esquemas fraudulentos que engaram milhares de pessoas, dizendo que eram investimentos em Forex, quando na realidade nada tinham a ver com este mercado. A própria imagem do mercado tem vindo a ficar afetada com estas situações.

Regulamentação[editar | editar código-fonte]

Há regulamentação de Forex em Portugal?

  • Sim, Portugal, a CMVM. tem regulação para corretoras de Forex.
  • Se a corretora não estiver em Portugal, mas numa outra regulação dentro do espaço económico europeu é válida. [7]

Não existe no Brasil uma regulamentação atuante nesse mercado, ou seja, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) não dá respaldo aos brasileiros que queiram ingressar no FOREX. Entretanto ela deixa claro que: "não há ilegalidade em um brasileiro realizar um investimento no estrangeiro, que pode ser a aquisição de um instrumento financeiro ou até de uma casa, desde que sejam observadas as normas aplicáveis, inclusive as definidas pelo Banco Central do Brasil".[8].

Uma das maneiras de se resguardar quanto as fraudes no mercado de Forex é se atentando para as regulamentações existentes em cada região, e que em outros países, tem o mesmo papel que a CVM no Brasil.

As principais e mais importantes regulamentações que existem no mercado de FOREX estão na Europa e Estados Unidos.

Infelizmente, é muito comum fraudes envolvendo corretoras não regulamentadas ou com fraca regulamentação, sendo sua atuação muito semelhantes as antigas "Bucket shop", causando muitos prejuízos àqueles que não buscam informações fidedignas.

Países com maior participação[editar | editar código-fonte]

Top 10 maiores participantes [9]
% do total do volume, Maio 2010
Posição Nome Market share
1 Alemanha Deutsche Bank 18.06%
2 Suíça UBS AG 11.30%
3 Reino Unido Barclays Capital 11.08%
4 Estados Unidos Citibank 7.69%
5 Reino Unido Royal Bank of Scotland 6.50%
6 Estados Unidos JPMorgan 6.35%
7 Reino Unido HSBC 4.55%
8 Suíça Credit Suisse 4.44%
9 Estados Unidos Goldman Sachs 4.28%
10 Estados Unidos Morgan Stanley 2.91%


Forex e o mercado mundial na atualidade[editar | editar código-fonte]

Conforme citado anteriormente, o mercado atual de Forex[10] tem sido explorado em diversos países. Ainda, o acesso a este tipo de investimento tem se democratizado dia após dia, fazendo com que os pares de moedas possam ser negociados até mesmo através de aplicativos mobile, como é o caso de empresas como Olymp Trade, Rico, Modal e muitas outras do setor financeiro. Existem algumas companhias que se destacam neste seguimento, por oferecerem maior assistência, velocidade e confiabilidade, além de tecnologia de ponta para fazer com que os usuários tenham sempre mais detalhes sobre as ações que estão tomando.

O grande desafio contemporâneo é a elegibilidade universal dos meios para se operar no mercado forex. Uma vez que em alguns países ainda existem alguns impecilhos para que a adequação de tal investimento seja transplantada. Entretanto, visando responder com responsabilidade à essa barreira, verifica-se que foi criado FC (International Financial Comission[11]), orgão este que tem como função princiapal monitorar e fiscalizar as operações financeiras desse mercado. A maior vantagem dessa comissão financeira internacional é o fundo de compensação com a cobertura de danos de até 20.000 Euros para os investidores injuriados.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mandelbrot; Benoit & Hudson; Richard L. "Mercados Financeiros fora de controle" Campus Elsevier 2004, Capítulo XIII "No Laboratório" ISBN 8535214003
  2. Dados em [1] (em inglês) matéria com gráficos ilustrativos
  3. Bank for international Settlements: Foreign exchange and derivatives market activity in April 2010
  4. a b CVM. «Como funciona» (PDF). Consultado em 27 de abril de 2011 
  5. https://www.markethours.net/forex-market-hours Forex Market Hours, 26 de Junho de 2019
  6. http://www.jstor.org/stable/2376347?seq=1#page_scan_tab_contents%7CJohn A. Ryan, International Journal of Ethics Vol. 12, No. 3 (Apr., 1902), p. 339
  7. Oliveira, Rui. «regulação em Portugal». https://www.conselhosfinanceiros.com/ 
  8. Forex Arquivado em 25 de fevereiro de 2015, no Wayback Machine. CVM
  9. Source: Euromoney FX survey FX Poll 2010: The Euromoney FX survey is the largest global poll of foreign exchange service providers.'
  10. «Olymp Trade: um avanço na indústria de Forex». Administradores.com. Consultado em 21 de junho de 2019 
  11. fincom. «Home». The Financial Commission (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Forex
Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.