Chiquinho (romance)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chiquinho
Capa da revista Claridade, onde "Chiquinho" foi publicado pela primeira vez.
Autor (es) Baltasar Lopes da Silva
Idioma português
País  Portugal
Género Romance
Editora Edições Claridade
Formato 21 cm
Lançamento 1947
Páginas 298

Chiquinho é um romance de Baltasar Lopes da Silva, publicado em 1947. É provavelmente a obra de literatura mais conhecida de Cabo Verde, que marcou o início da literatura tipicamente cabo-verdiana, cobrindo temas locais e da cultura crioula, isto no contexto do movimento mais amplo e com o mesmo objectivo, conhecido como Claridade, no qual, além de Baltazar Lopes, participaram Manuel Lopes e Jorge Barbosa, como membros fundadores da revista que deu nome ao movimento e principais activistas do mesmo.

O romance está dividido em três partes: "Infância", "São Vicente" e "As águas".