Cigarrinha-da-cana-de-açúcar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCigarrinha-da-Cana-de-Açúcar
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Animalia
Sub-reino: Eumetazoa
Superfilo: Protostomia
Filo: Arthropoda
Subfilo: Hexapoda
Classe: Insecta
Subclasse: Pterygota
Infraclasse: Neoptera
Ordem: Hemiptera
Subordem: Auchenorrhyncha
Infraordem: Cicadomorpha
Família: Cercopidae
Gênero: Mahanarva

O termo cigarrinha-da-cana-de-açúcar é a designação comum a diversas espécies de insetos homópteros da família dos cercopídeos, de ampla distribuição no Brasil, sendo extremamente comuns em áreas cultivadas, o que as tornam constantes pragas em diversas culturas agropecuárias. Os insetos machos dessa espécie medem cerca de 12 milímetros e possuem coloração geral avermelhada. Atacam as folhas e raízes da cana-de-açúcar. Também são conhecidos pelos nomes de baratinha, cigarrinha-dos-canaviais e cigarrinha-vermelha.

Geralmente vivem em colônias com grande número de indivíduos, sugando gramíneas. Atualmente vem sendo aplicado o controle biológico destas pragas com o fungo Metarhizium anisopliae[1].

Principais espécies brasileiras[editar | editar código-fonte]

  • Cigarrinha das folhas (Maharnava posticata)
  • Cigarrinha-da-raiz (Mahanarva fimbriolata)
Ícone de esboço Este artigo sobre insetos, integrado no Projeto Artrópodes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.